Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
16º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Produção de eletricidade da EDP caiu 7% em 2019 devido à seca

A produção de eletricidade da EDP caiu 7% em 2019 para 66,7 terawatts por hora (TWh), devido à queda na hídrica "decorrente da fraca hidraulicidade na Península Ibérica e no Brasil", foi hoje comunicado ao mercado.

Produção de eletricidade da EDP caiu 7% em 2019 devido à seca
Notícias ao Minuto

17:20 - 22/01/20 por Lusa

Economia EDP

"A produção de eletricidade baixou 7% em 2019 para 66,7 TWh, devido à menor produção hídrica decorrente da fraca hidraulicidade na Península Ibérica e no Brasil", lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Porém, no quarto trimestre de 2019 registou-se uma "forte recuperação" de hidraulicidade na Península Ibérica, o que levou a um "acréscimo da geração em 55% face ao período homólogo e num incremento significativo das níveis de armazenamento nas albufeiras", apontou a elétrica liderada por António Mexia.

A produção eólica global, por seu turno, aumentou 6%, refletindo as adições de capacidade em 2019 e o aumento da eolicidade.

Já a capacidade instalada fixou-se em 26,7 gigawatts (GW) em dezembro de 2019, 73% da qual de fontes renováveis.

Em 2019, a EDP construiu 749 megawatts (MW) de capacidade eólica e executou a sua estratégia de rotação de ativos, desconsolidando 997 MW de eólica na Europa, tendo também acordado a venda do parque eólico Babilónia, no Brasil, de 137 MW com execução prevista no primeiro trimestre deste ano.

Na sessão de hoje da bolsa, a EDP subiu 0,46% para 4,15 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório