Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Sindicato preocupado com integração de funcionários da Manpower na Altice

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores Das Telecomunicações e Audiovisual (Sintaav) disse hoje encarar "com preocupação" a anunciada incorporação na Intelcia, empresa controlada pela Altice Portugal, de 2.000 trabalhadores da ManpowerGroup Solutions.

Sindicato preocupado com integração de funcionários da Manpower na Altice
Notícias ao Minuto

11:54 - 15/01/20 por Lusa

Economia Altice

"Vemos isso com preocupação, porque a transmissão de negócios de uma empresa para outra implica sempre preocupação para os trabalhadores e, em alguns casos, até prejuízo", afirmou o dirigente nacional do Sintaav, Hernâni Marinho, em declarações à agência Lusa.

Admitindo que "já há agitação entre os trabalhadores", o sindicalista disse que o Sintaav "já tem dirigentes no terreno, porque os trabalhadores entraram logo em contacto com o sindicato", estando previsto para esta sexta-feira "um plenário de trabalhadores para discutir toda esta situação".

A Altice Portugal anunciou hoje o início de uma nova operação em Portugal, através da Intelcia (que opera na área de 'outsourcing' ou subcontratação de serviços), a qual vai incorporar cerca de 2.000 pessoas da ManpowerGroup Solutions num processo que deverá estar concluído até março.

Assim, a Intelcia Portugal, que é detida em 65% pela Altice Portugal, passa a ser o prestador preferencial dos serviços de atendimento ao cliente da dona da Meo, pelo que as áreas de contacto com o cliente e comercial, que eram asseguradas até agora pela ManpowerGroup Solutions, vão passar a ser totalmente assumidas por aquela entidade.

Apesar das garantias para já avançadas pela ManpowerGroup Solutions, o dirigente sindical Hernâni Marinho diz que o Sintaav vai "ter de explorar melhor toda esta situação, quer com a ManPower, quer com a outra empresa que vai assumir a prestação de serviços".

É que, notou, mesmo ficando "tudo garantido em termos de direitos", caberá aos trabalhadores "fazerem a sua opção" quanto à aceitação ou não da transmissão para a nova empresa.

"E, se houver trabalhadores que, eventualmente, se oponham, teremos de os acompanhar no sentido de que todos os seus direitos sejam respeitados em termos da desvinculação da empresa, se for essa alternativa", disse.

Segundo foi hoje anunciado pela Altice Portugal, os cerca de 2.000 trabalhadores que estavam na ManpowerGroup a prestar um conjunto de serviços para a empresa vão ser incorporados na Intelcia e passam a "integrar a folha salarial" do grupo.

Com esta medida, "a Altice volta a investir em Portugal e a criar emprego", afirmou o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, salientando que "este movimento vai reforçar o compromisso do grupo" no mercado português.

Alexandre Fonseca garantiu ainda que vão ser "asseguradas todas as condições que os trabalhadores tinham na sua empresa de origem", além de que vão beneficiar de um seguro de saúde com acesso à rede da Altice Portugal.

A Intelcia Portugal conta com uma centena de trabalhadores, aos quais se vão juntar os cerca de 2.000 trabalhadores da ManpowerGroup. A Altice Portugal detém 65% da empresa, sendo que os restantes 35% são detidos por dois acionistas marroquinos.

Em termos globais, a Intelcia conta com mais de 14 mil colaboradores e presença em nove países, apostando na continuação da sua expansão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório