Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

PSI20 em ligeira alta com Jerónimo Martins a evitar maiores ganhos

A bolsa de Lisboa negoceia em ligeira alta, em linha com a tendência das restantes praças europeias, com as ações da Jerónimo Martins a evitar maiores ganhos, depois da empresa ter apresentado resultados.

PSI20 em ligeira alta com Jerónimo Martins a evitar maiores ganhos
Notícias ao Minuto

09:40 - 24/10/19 por Lusa

Economia Bolsas

Pelas 08h55 (hora de Lisboa), o principal índice da praça lisboeta, o PSI20, seguia a avançar 0,40% para 5.078,20 pontos, com nove oito ações em alta, seis negativas e quatro inalteradas.

Os CTT e a Mota Engil eram as empresas que mais subiam, com as ações a avançarem 2,92% e 2,00% para 2,60 euros e 2,04 euros, respetivamente.

A Galp, por sua vez, avançava 1,19% para 14,03 euros e o BCP subia 1,04% para 0,20 euros.

A EDP seguia inalterada, tal como a Ibersol, Ramada Investimentos e Sonae Capital.

Do lado das perdas, a Sonae e a Jerónimo Martins seguiam a perder 0,98% e 0,47% para 0,91 euros e 14,81 euros, respetivamente.

A Jerónimo Martins divulgou na quarta-feira que o lucro subiu 3,5% até setembro, face a igual período de 2018, para 302 milhões de euros, anunciou hoje a dona dos supermercados Pingo Doce.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Jerónimo Martins adianta que as receitas consolidadas subiram 6,7% para 13.662 milhões de euros, no período em análise.

Já o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) cresceu 6,7% para 757 milhões de euros.

Lisboa seguia alinhada com a tendência das principais bolsas europeias, que estavam hoje em alta, pendentes da reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) de hoje, a última de Mario Draghi na liderança.

Os mercados vão estar pendentes de novos resultados empresariais, como os da Faes Farma, Atresmedia ou da Coca-Cola European Partners, e dos indicadores PMI da zona euro e dos Estados Unidos.

O mercado também espera novidades referentes ao 'Brexit', depois de na quarta-feira o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se ter debatido entre tentar aprovar por uma via mais lenta que a esperada o acordo alcançado com Bruxelas ou convocar eleições antecipadas.

Também na quarta-feira soube-se que os 27 Estados-membros da União Europeia são favoráveis a um novo adiamento do 'Brexit', solicitado pelo Governo britânico, mas ainda discutem a sua extensão e as conversações prosseguirão no final da semana, revelaram fontes europeias.

O mercado continua preocupado com as dificuldades no Reino Unido em aplicar de forma rápida e ordenada o 'Brexit' em 31 de outubro.

A nível cambial, o euro abriu hoje a subir no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1157 dólares, contra 1,1121 dólares na quarta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 60,99 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 61,17 dólares na quarta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório