Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Exportações aumentaram 1,3%, mas importações cresceram mais em julho

As importações voltaram a a registar uma taxa de crescimento superior à das exportações. Ainda assim, ambas recuperaram depois das variações negativas registadas em junho.

Exportações aumentaram 1,3%, mas importações cresceram mais em julho

As exportações aumentaram 1,3% em julho, mas as importações voltaram a crescer mais, cerca de 7,9%, de acordo com os dados revelados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE). O valor das importações foi impulsionado pela compra de aviões. 

"Destaca-se o acréscimo de 27,9% nas importações de Material de transporte, sobretudo Outro material de transporte (maioritariamente aviões), com um contributo de +4,2 p.p. para a taxa de variação homóloga total", adianta o INE.

Estes resultados seguem-se às variações de -8,3% nas exportações e -3,7% nas importações em junho, segundo os dados da agência de estatísticas portuguesa. 

Com estes números, o INE revelou que o défice da balança comercial de bens atingiu 1.751 milhões de euros em julho de 2019, o que corresponde a um aumento de 452 milhões de euros face ao mês homólogo de 2018.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, a balança comercial atingiu um saldo negativo de 1.202 milhões de euros, registando um aumento do défice de 314 milhões de euros em relação a julho de 2018.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório