Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Encontrar o emprego ideal pode começar nas redes sociais. Eis o que fazer

Ter um perfil nas redes sociais apresentável é fundamental para chamar à atenção do recrutador.

Encontrar o emprego ideal pode começar nas redes sociais. Eis o que fazer

Os números não deixam dúvidas: mais de 84% das empresas utilizam as redes sociais para o recrutamento, motivo pelo qual é fundamental ter os perfis minimamente apresentáveis. Tem dúvidas sobre como o fazer? Nós ajudámos. 

"Muitos recrutadores procuram um candidato online e por isso as informações que partilha nas várias plataformas digitais podem permitir que possíveis empregadores e recrutadores verifiquem mais informações sobre si, seja da formação profissional e académica, seja de filiações, grupos, crenças e postura digital", refere a Adecco Portugal num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

A empresa, especialista em recursos humanos e recrutamento, apresenta cinco dicas para melhorar a sua pegada digital:

  1. Google a si mesmo. "Pesquise o seu nome completo online para ver o que um recrutador pode encontrar se o fizer. Identifique os sites em que aparece referenciado ou com conteúdo - se estes estiverem vinculados ao seu perfil de rede social clique e verifique se apresentam a imagem profissional que deseja transmitir. Pode encontrar links para contas antigas que se esqueceu - considere encerrá-las. Percorra pelo menos duas páginas de resultados de pesquisa para se certificar que não falhou nada."
  2. Tenha uma foto de perfil profissional. "Especialmente em sites como o LinkedIn, os possíveis empregadores esperam que tenha uma fotografia de rosto nítida e profissional. Não precisa ser muito formal, mas é uma boa ideia que tenha nela uma boa apresentação."
  3. Junte-se a grupos relevantes para a sua carreira. "As redes sociais têm um número infinito de grupos, comunidades e páginas, que pode usar para trabalhar em rede com outros profissionais do seu sector de trabalho e manter-se atualizado sobre as novidades do sector. Se, no entanto, a sua lista atual for mais 'gatos sentados sobre as coisas' do que notícias do sector, talvez seja uma boa hora para diversificar. Seguir algumas páginas just-for-fun é completamente bom - e quem não gosta desses vídeos de gatos? Mas certifique-se de que é membro de alguns grupos relacionados com o seu trabalho real ou o que ambiciona."
  4. Reveja as suas configurações de privacidade. "Reveja as suas configurações e as informações pessoais deixe-as como tal, não as deixe disponíveis e acessíveis publicamente. Preserve a sua intimidade. Se preferir manter as suas contas em redes sociais mais relaxadas e pessoais, certifique-se que define as configurações de privacidade e ajuste-as de acordo com o que está confortável em partilhar."
  5. Use 'hashtags' ou palavras-chave para garantir que os recrutadores chegam a si. "Existe forma de maximizar a possibilidade dos seus perfis serem encontrados por recrutadores. Para tal inclua no seu perfil 'hashtags' e palavras-chave relacionadas com a função que procura, com o sector e mercado nos quais deseja trabalhar. Mais de 84% das empresas usam as redes sociais para recrutamento, o que inclui o direcionamento por meio de palavras-chave para encontrar pessoas com competências e interesses que correspondam aos requisitos da função para a qual estão a contratar."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório