Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Repsol diminui lucros em 26,7% no primeiro semestre para 1.133 milhões

A multinacional petrolífera espanhola Repsol teve um lucro de 1.133 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, menos 26,7% do que no período homólogo, explicado pelo facto de ter contabilizado em 2018 uma receita extraordinária.

Repsol diminui lucros em 26,7% no primeiro semestre para 1.133 milhões
Notícias ao Minuto

10:23 - 24/07/19 por Lusa

Economia repsol

Numa informação publicada pela Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola, a empresa energética comunica que no ano passado registou uma mais-valia de 344 milhões de euros com a venda da sua participação de 20% na Naturgy, uma empresa dos setores da eletricidade e do gás, que antes se chamava Gas Natural Fenosa.

O lucro ajustado, que mede a evolução da atividade, foi de 1.115 milhões de euros, menos 1,5 % do que no ano passado, num contexto de preços de petróleo mais baixos.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) foi até junho de 3.712 milhões de euros, uma diminuição de 2,6% em relação ao período homólogo.

A Repsol salienta que estes "sólidos resultados" foram alcançados num contexto de descida dos preços do petróleo, de queda das margens internacionais de refinação e de suspensão da produção na Líbia durante quase metade do semestre.

A multinacional, que também está presente em Portugal, afirma que diminuiu a sua produção de hidrocarbonetos em 3,7% nos primeiros seis meses do ano, para 697.200 de barris equivalentes de petróleo por dia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório