Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Metade dos portugueses já entregou o IRS. Fisco devolveu 1,26 mil milhões

Período para a entrega do IRS decorre até ao final de junho.

Metade dos portugueses já entregou o IRS. Fisco devolveu 1,26 mil milhões

Cerca de metade dos portugueses que têm a obrigação de entregar o IRS já o fizeram. Só em abril, primeiro mês da campanha que decorre até ao final de junho, o Fisco validou mais de 2,5 milhões de declarações. Quer isto dizer que as Finanças já devolveram 1,26 mil milhões de euros em mais de um milhão de reembolsos pagos

"Até ao dia 30 de abril foram validadas 2,669.993 declarações de IRS, cerca de metade do universo potencial. Das declarações entregues, cerca de 41,2% corresponde a declarações de tributação conjunta", pode ler-se num comunicado do gabinete do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. 

Do total de declarações entregues, o Fisco dá conta que 41,5% foram entregues através do IRS automático. No ano passado, no total do período para a entrega da declaração, a taxa de IRS automático foi de 31%, "o que demonstra a cada vez mais adesão e fiabilidade do IRS automático", considera o Fisco. 

Quanto aos reembolsos, "até dia 30 de abril de 2019 foram pagos 1,187.716 reembolsos, o que representou uma devolução de 1,26 mil milhões de euros", pode ler-se no mesmo comunicado.

Ainda assim, quando comparado com o mesmo período do ano passado, este ano houve menos 380 mil declarações entregues, um decréscimo que as Finanças justificam com o facto de este ano o prazo da campanha ter mais um mês.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório