Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

IMI acima dos 100 euros já pode ser pago de uma só vez

Este ano, pela primeira vez, é possível pagar o IMI acima de 100 euros numa prestação única.

IMI acima dos 100 euros já pode ser pago de uma só vez
Notícias ao Minuto

08:11 - 09/04/19 por Beatriz Vasconcelos 

Economia Finanças

Os contribuintes que têm de pagar um Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) acima de 100 euros já o podem fazer de uma só vez, na totalidade. Até agora, a partir desse patamar era imposto o pagamento em prestações. 

A regra ditava que só os montantes de IMI inferiores a 100 euros podiam ser pagos numa prestação única, mas esse limite foi agora retirado. 

"Pela primeira vez, e relativamente ao IMI de 2018 irá ser possível ao contribuinte, quando o valor do imposto liquidado exceda uma prestação (100,00 euros), optar por efetuar o pagamento da totalidade do imposto", pode ler-se numa nota informativa publicada pela Autoridade Tributária (AT), no Portal das Finanças. 

Se é proprietário de um imóvel cujo IMI é superior a 100 euros e optar por fazer o pagamento de uma só vez, a data limite de pagamento é 31 de maio, o que corresponde ao limite da liquidação da primeira prestação

De acordo com o Fisco, esta medida vem responder aos pedidos dos contribuintes "que pretendem pagar o IMI de uma só vez ao invés de terem de efetuar dois ou três pagamentos", justificam. 

Os contribuintes podem pagar o IMI através de débito direto - o Notícias ao Minuto explica-lhe como o pode fazer neste artigo - ou então através do multibanco, do seu banco, na app de pagamentos do Fisco ou ainda nas repartições de Finanças. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório