Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Há novos prazos para o pagamento do IMI. Conheça-os aqui

As datas de pagamento dos impostos mudaram este ano. Conheça os prazos deste ano e marque-os na agenda.

Há novos prazos para o pagamento do IMI. Conheça-os aqui
Notícias ao Minuto

08:18 - 20/03/19 por Beatriz Vasconcelos 

Economia impostos

Pode abrir já a sua agenda: há novas datas para o pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e o melhor é anotar já para não falhar nenhum prazo. O Orçamento do Estado trouxe algumas novidades em termos de impostos e, por isso, o pagamento do IMI este ano vai decorrer entre maio e novembro.

Como é habitual, o pagamento do IMI pode ser feito numa prestação única ou em várias prestações, dependendo se o montante é inferior ou superior a 100 euros, respetivamente. 

Assim sendo, em maio deve ser pago o imposto se o montante devido for igual ou inferior a 100 euros, numa prestação única. Se for superior a esse valor, nesse mês deve ser paga a primeira prestação.  

Depois, em agosto é devido o pagamento da segunda prestação, isto é, se o montante a pagar for superior a 500 euros, de acordo com a informação disponibilizada pela Autoridade Tributária

Por fim, em novembro decorre o pagamento da segunda prestação se o imposto for superior a 100 euros e igual ou inferior a 500 euros, bem como o pagamento da terceira prestação caso o valor a pagar seja superior a 500 euros

Os contribuintes podem pagar o IMI através de débito direto - o Notícias ao Minuto explica-lhe como o pode fazer neste artigo - ou então através do multibanco, do seu banco, na app de pagamentos do Fisco ou ainda nas repartições de Finanças. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório