Meteorologia

  • 25 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Altice Portugal analisa "oportunidades de negócio" nos media

O presidente executivo da Altice Portugal afirmou, em declarações à Lusa, que 2019 "será o ano dos conteúdos" para a subsidiária portuguesa e que a operadora de telecomunicações está a "analisar várias oportunidades de negócio em diferentes modelos".

Altice Portugal analisa "oportunidades de negócio" nos media
Notícias ao Minuto

18:55 - 25/01/19 por Lusa

Economia Empresas

Numa conferência promovida pela PME Magazine, que decorreu esta semana, em Lisboa, Alexandre Fonseca tinha afirmado que "2019 será o ano dos conteúdos para a Altice Portugal", adiantando que a operadora tem vindo a analisar várias oportunidades de negócio.

Questionado pela Lusa se a Altice Portugal vai voltar a procurar comprar um grupo de media em Portugal, o presidente executivo da dona da Meo reiterou que a "convergência com a área de media é uma estratégia do grupo Altice".

"Temos plena convicção de que, em breve, fará parte também da Altice Portugal", acrescentou.

"Consideramos que, com o desfecho do negócio da Media Capital, um dos negócios mais relevante na última década na área da comunicação social, perdeu-se uma oportunidade crucial para dinamizar o setor das telecomunicações e dos media em Portugal, bem como para a criação de valor neste setor, resistindo-se, injustificadamente, e em prejuízo da atratividade da oferta no mercado nacional, à tendência global para a consolidação entre telecomunicações, media, conteúdos e publicidade digital", prosseguiu o executivo.

"Esta tendência, que o grupo Altice já lidera noutros mercados geográficos, foi reconhecida e reforçada pela decisão das autoridades judiciais norte-americanas no sentido de autorizar, sem quaisquer compromissos, a aquisição da Time Warner pela AT&T, com base na constatação de que a consolidação é necessária para permitir às empresas de media e telecomunicações tradicionais concorrer minimamente com os gigantes da economia digital que disponibilizam, de forma crescente, um conjunto alargado de conteúdos muito atrativos diretamente ao consumidor", apontou.

Este é "um raciocínio que é válido não só nos Estados Unidos, mas também e especialmente em Portugal, onde as dificuldades dos media tradicionais em resistir à concorrência digital global são ainda mais claras", salientou Alexandre Fonseca.

Por isso, "reafirmamos que 2019 será o ano dos conteúdos para a Altice Portugal e que estamos a analisar várias oportunidades de negócio em diferentes modelos", insistiu.

Sobre se tem alguma empresa ou empresas em perspetiva, Alexandre Fonseca afirmou: "A Altice Portugal está a analisar diferentes oportunidades de negócio em diferentes modelos, que podem passar não só por parcerias, mas também por aquisição, pelo que é prematuro revelar detalhes ou nomes de entidades terceiras".

O processo de compra da dona da TVI pela Altice caiu por terra em junho do ano passado, quando o grupo espanhol Prisa, dono da Media Capital, confirmou a desistência do negócio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório