Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 23º

Edição

Portugal com 33.898 novas empresas até setembro, mais 8,9%

O número de novas empresas que surgiram até setembro deste ano foi 8,9% acima do verificado no período homólogo, com um total de 33.898, segundo dados da consultora Informa D&B.

Portugal com 33.898 novas empresas até setembro, mais 8,9%
Notícias ao Minuto

08:30 - 09/10/18 por Lusa

Economia Informa D&B

"Estes valores, dada a consistência que revelam ao longo dos últimos nove meses, vão fazer de 2018 o ano de recorde de nascimento de empresas em Portugal", adiantou a empresa em comunicado.

Por outro lado, "os encerramentos também registam uma subida face ao período homólogo, enquanto as novas insolvências mantêm o ciclo de descida", referiu a Informa D&B.

Assim, no final dos primeiros nove meses deste ano, encerraram mais 18,6% de empresas do que no mesmo período de 2017, num total de 11.801.

"Os setores que mais contribuíram para este registo foram os serviços (2732 encerramentos) e o retalho (2101 encerramentos), a que correspondem subidas face ao período homólogo de 9,7% e 16,7%, respetivamente", adiantou a consultora.

As insolvências desceram, sendo que até ao final de setembro "houve menos 1809 novos processos iniciados, o que representa uma descida de 11,0% face ao mesmo período de 2017".

A "esmagadora maioria" das novas insolvências concentra-se nas indústrias transformadoras, serviços, retalho, construção e grossistas, ainda que todos estes setores registem uma descida face ao período homólogo, segundo a mesma fonte.

No que diz respeito ao cumprimento dos prazos de pagamento a fornecedores, mantiveram-se semelhantes ao dos primeiros meses deste ano, "nos valores mais baixos desde 2007, com apenas 14,9% das empresas a cumprir".

O relatório da consultora salientou ainda o contributo positivo do turismo e a recuperação da construção.

"As atividades ligadas ao turismo mantêm a grande contribuição para o nascimento de novas empresas: atividades imobiliárias (mais 659 nascimentos, mais 23,8%), em especial nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto; construção (mais 513 nascimentos, mais 19,1%), com maior destaque nas atividades de construção e promoção imobiliária nos concelhos de Lisboa e Sintra; transportes (mais 481 nascimentos, mais 54,4%)", referiu a Informa D&B.

O setor das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) "mantém um forte crescimento de novas empresas, com a constituição de 1337 entidades desde o início de 2018 (mais 196 empresas, mais 17,2%) ", segundo os dados da consultora.

Lisboa é o distrito com mais novas empresas (11.769), seguindo-se o Porto, com 6062.

"Nos últimos 12 meses, o rácio entre nascimentos e encerramentos a nível nacional é de 2,6 (há 2,6 novas empresas por cada uma que encerra) ", concluiu a Informa D&B.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório