Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 34º

EUA acusam UE e China de infringirem regras mundiais do Comércio

Os Estados Unidos acusaram terça-feira a União Europeia (UE) e China de infringirem as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), criticando as tarifas impostas a produtos norte-americanos.

EUA acusam UE e China de infringirem regras mundiais do Comércio
Notícias ao Minuto

07:08 - 27/06/18 por Lusa

Economia Tarifas

O representante norte-americano do Comércio (USTR, na sigla em inglês), afirmou que tanto a UE como a China estão a "desvirtuar as regras da OMC" e que as "ignoram (...) quando isso lhes é conveniente", utilizando-as também de forma "hipócrita".

Robert Lighthizer, num comunicado divulgado na terça-feira à noite, argumentou que "a União Europeia inventou uma teoria jurídica sem fundamento" para justificar a instauração de direitos aduaneiros em represália àquelas impostas pelos norte-americanos sobre o aço.

Para Washinton, as medidas de retaliação da UE e da China são injustificadas, uma vez que os Estados Unidos têm o direito unilateral de proteger a sua indústria de aço "em nome da segurança nacional", escreveu o responsável.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já ameaçou taxar as importações de automóveis europeus e produtos chineses cujo montante pode atingir os cerca de 400 mil milhões de dólares (342 mil milhões de euros).

Depois dos Estados Unidos terem instaurado tarifas aduaneiras sobre as importações do aço (25%) e do alumínio (10%), os países europeus responderam na sexcta-feira com taxas sobre 3,2 mil milhões de dólares de produtos norte-americanos (2,7 mil milhões de euros), nomeadamente as motos Harley-Davidson, uísque e 'jeans'.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório