Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Águia na sombra do leão às custas do ‘bombardeiro’ Jonas

O Benfica venceu o Chaves por 3-0 e colocou-se a um ponto do Sporting.

Águia na sombra do leão às custas do ‘bombardeiro’ Jonas
Notícias ao Minuto

20:05 - 20/01/18 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto Direto

Resumo: Os comandados de Rui Vitória somaram este sábado uma vitória tranquila na 19.ª jornada do campeonato. Uma vitória alcançada com um bis de Jonas, que já contabiliza 23 no campeonato, e outro do transmontano Pizzi que alcançou o terceiro na partida, aos 47 minutos. Com este triunfo, o Benfica mantém o terceiro lugar do campeonato, agora a um ponto do Sporting e a dois do FC Porto.

Jonas quase ‘explodiu’ o quadro da eletricidade na Luz

Num dia em que o ‘General’ Luisão regressou à convocatória cinco semanas depois, Douglas realizou os primeiros minutos no campeonato. Um jogo em que o lateral-direito não comprometeu, mas também não ‘envaideceu’ as bancadas do anfiteatro vermelho e branco.

A partida no Estádio da Luz começou entretida com o Benfica a assumir a batuta do encontro. Ao minuto 13, Jonas abriu a ‘lata’ do golo. Perdão, com um golaço: Krovinovic assistiu Jonas e o avançado brasileiro rematou uma ‘bomba’ à entrada da grande área, com o esférico a anichar-se no canto esquerdo da baliza de António Filipe.

E quem tem um ‘bombardeiro’ na equipa arrisca-se a ser feliz em campo inimigo. Novamente Jonas a brilhar e a fazer o segundo golo da partida, aos 19 minutos, desta feita superiormente assistido pelo argentino ‘Toto’ Salvio.

Uma águia de alta voltagem começou a asfixiar a baliza adversária. António Filipe desejava erguer a bandeira branca, mas a paz não reinou na baliza transmontana: primeiro num livre de Grimaldo e, instantes depois, Salvio a rematar a milímetros do poste.

Numa das poucas oportunidades do Desportivo de Chaves na etapa inicial foi o brasileiro Davidson a colocar a baliza dos encarnados em sentido. Apesar do lance ter sido anulado, por fora de jogo, Bruno Varela apareceu nos ‘holofotes’ da Luz para realizar uma bela mancha perante o avançado transmontano.

Sol de pouca dura, porque a ‘ficha’ estava ligava no meio-campo contrário à corrente de Jonas ‘Pistolas’: aos 40’, remate venenoso do brasileiro e António Filipe a defender a dois tempos e três minutos depois o avançado de 33 anos à beira do hat-trick, que aproveitou um erro colossal de Domingos Duarte.

O destino ditou um ‘xeque-mate’ transmontano

A segunda parte começou a papel químico da primeira: um Benfica melhor e um Chaves displicente a não ter andamento para o voo da águia.

A sorte foi madrasta aos 47 minutos. Quis o destino que fosse um transmontano a aplicar o xeque-mate no encontro: assistência de Cervi, remate do bragantino Pizzi à entrada da área e António Filipe a ser muito mal batido.

Aos 60 minutos, o treinador do Chaves operou duas substituições na máquina transmontana: saídas de Jorginho e Jefferson, para as entradas de Perdigão e Patrão. Luís Castro tentou aplicar uma ‘chicotada’ no encontro, mas o Benfica pautou os ritmos do jogo e começou a fazer a gestão dos minutos. As oportunidades esvaziaram-se com o decorrer do tempo.

O desgaste de alguns homens encarnados começou a aparecer, daí a substituição operada por Rui Vitória que retirou Salvio para a entrada de João Carvalho. O português deu velocidade à faixa central e o ‘sangue fresco’ do médio de 20 anos espevitou a águia.

A águia acabou por não levantar mais ‘voos’ até ao final do encontro, mas os 57.383 adeptos que marcaram presença no Estádio da Luz ainda tiveram tempo para ovacionar a saída de Jonas do terreno de jogo.

O Benfica que terminou reduzido a 10 devido à lesão de Krovinovic, numa altura em que Rui Vitória já tinha esgotado as substituições.

Momento do jogo: Ao minuto 13 chegou o golo inaugural da partida. Uma ‘obra de arte’ de Jonas que encaminhou o Benfica para uma vitória tranquila na 19.ª ronda do campeonato.

Onze do Benfica: Varela; Douglas, Rúben Dias, Jardel e Grimaldo; Fejsa, Krovinovic, Pizzi; Salvio, Cervi e Jonas.

Onze do Desp. Chaves: António Filipe; Pauinho, Domingos Duarte, Maras e Djavan; Tiba, Bressan e Jefferson; Jorginho, William e Davidson. 

A Alemanha precisa de ganhar obrigatoriamente à França. Será que se vão desforrar? Aposte 20€ sem risco e ganhe 87€ como a Alemanha vai ganhar!

Múltipla Liga das Nações: Aposte 20€ sem risco como Alemanha e Irlanda vão ganhar e ganhe 190,6€!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório