Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 32º

Cristiano Ronaldo ainda mexe com Inglaterra: "Ten Hag tinha razão"

Jornalista inglês visa a exibição assinada pelo avançado, no Portugal-Chéquia.

Cristiano Ronaldo ainda mexe com Inglaterra: "Ten Hag tinha razão"
Notícias ao Minuto

15:22 - 20/06/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Manchester United

Já lá vão quase dois anos desde que Cristiano Ronaldo rescindiu o contrato que mantinha com o Manchester United para rumar ao Al Nassr, da Arábia Saudita. No entanto, ainda continua a mexer com a opinião pública, em Inglaterra.

Prova disso é um artigo de opinião assinado, esta quinta-feira, pelo jornalista Samuel Luckhurst, do jornal britânico Manchester Evening News, intitulado "A exibição de Cristiano Ronaldo por Portugal demonstra que Erik ten Hag e o Manchester United tinham razão", em referência ao que este fez diante da República Checa.

O repórter escreve que o capitão da equipa das quinas "teve dificuldades durante a vitória tardia", na Red Bull Arena, em Leipzig, por 2-1, tendo "ambas as melhores oportunidades sido desperdiçadas, e ambas a partir de posições irregulares".

"Ao ver Ronaldo contra os checos, houve poucas diferenças quando à fraca força dos seus três últimos meses, no Manchester United. Ele marcou três golos, sob as ordens de Ten Hag, um na Premier League e dois na Liga Europa, contra o Sheriff. Um foi de penálti", pode ler-se.

"O Manchester United foi melhor com Ronaldo, na temporada 2021/22, e melhor sem ele, em 2022/23. O coração dele já não estava lá, quando se viu privado das noites da Liga dos Campeões, uma competição que chegou a monopolizar", completa.

Leia Também: "Messi nunca marcou contra mim. Cristiano Ronaldo fez de todas as formas"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório