Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 25º

UEFA reafirma que VAR só deve intervir em erros claros e óbvios

O diretor de arbitragem da UEFA, Roberto Rosetti, reafirmou hoje que o VAR só deve intervir nos jogos do Europeu de futebol de 2024 quando se verificar "uma evidência de um erro claro e óbvio".

UEFA reafirma que VAR só deve intervir em erros claros e óbvios
Notícias ao Minuto

13:20 - 11/06/24 por Lusa

Desporto Euro 2024

"A mínima interferência para um máximo benefício", disse Rosetti, sobre o sistema de videoarbitragem na prova, que incluirá o fora de jogo semiautomático e, pela primeira vez, a tecnologia da linha de golo.

Na edição 2020, adiada para 2021 devido à pandemia da covid-19, realizaram-se 18 correções do VAR nos 51 jogos da prova, nove dos quais por foras de jogo 'milimétricos'.

"No caso dos fora de jogo duvidosos, pedimos aos árbitros assistentes que mantenham a bandeira em baixo e só a levantem quando estiverem seguros. Se não estiverem 100% seguros, têm que manter a bandeira em baixo", explicou Rosetti.

Segundo o dirigente da UEFA, "com o fora de jogo semiautomático, o fora de jogo resolve-se por si e pode poupar muito tempo nas decisões".

A missão do VAR será "comprovar constantemente se há erros claros e óbvios" em quatro situações, os golos, as ações dentro das áreas, os cartões vermelhos e a identidade errada de um futebolista.

"Queremos árbitros com personalidades fortes para tomar decisões no campo", frisou o dirigente da UEFA, satisfeito, a três dias do arranque do Euro2024, com as inovações técnicas que a prova terá, com a estreia de uma bola 'inteligente'.

A bola terá "sensores de movimento que enviarão dados precisos em tempo real, o que ajuda os árbitros e o VAR a identificar cada toque individual na bola, reduzindo o tempo dedicado a resolver incidentes de fora de jogo, mãos e penáltis".

"Também haverá tecnologia semiautomática de fora de jogo (SAOT) graças a 10 câmaras específicas instaladas em cada estádio, que rastreiam 29 pontos corporais diferentes por jogador e revelam imediatamente o ponto de contacto da bola", explicou.

Quanto à tecnologia da linha de golo, existirão "sete câmaras para controlar se bola está ou não dentro da área" e que indicam, "se a bola está ou não dentro da baliza", com um árbitro a receber um sinal e uma vibração no seu relógio".

O VAR operará desde o International Broadcast Centre de Leipzig, onde se construíram quatro salas de operação de vídeo (VOR) e onde cada jogo contará com um árbitro de VAR, mais dois assistentes (AVAR) e três operadores de vídeo.

No total, os jogos do Euro2024, que se realiza na Alemanha, de 14 de junho a 14 de julho, vão ser arbitrados por 18 equipas europeias, uma delas liderada pelo português Artur Soares Dias, e uma argentina.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório