Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

Edgar Ié quebra silêncio após polémica: "Nunca faria uma coisa assim"

Defesa português desmentiu notícias, poucas horas depois do Dínamo Bucareste ter reagido em comunicado à polémica que envolve o irmão gémeo Edelino Ié.

Edgar Ié quebra silêncio após polémica: "Nunca faria uma coisa assim"
Notícias ao Minuto

16:14 - 13/05/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Roménia

Egdar Ié quebrou, esta segunda-feira, o silêncio em torno da polémica que está a protagonizar na Roménia, depois de ter sido levantada a suspeita de estar a ser o irmão Edelino Ié quem estaria a jogar no seu lugar no Dínamo Bucareste. O defesa português pronunciou-se publicamente numa transmissão da Twitch do canal Jijantes FC. 

"A notícia é falsa. Nunca faria uma coisa assim", explicou Edgar Ié. 

O esclarecimento do antigo jogador do Sporting surge poucas horas após o Dínamo Bucareste também ter desmentido a notícia em comunicado. 

"Dizer que o Dínamo Bucarest duvida que não tenha contratado Edgar Miguel Ié, mas o seu irmão gémeo, Edelino Miguel Ié, é uma mentira, uma calúnia e um ataque cancerígeno contra o clube. O Dínamo Bucareste contratou Edgar Miguel Ié, um jogador comunitário, através da uma firma de empresários reconhecida a nível europeu", podia ler-se na nota oficial do clube romeno.

Edgar Ié chegou ao Dínamo de Bucareste em fevereiro deste ano e fez cinco jogos pela equipa romena, o último dos quais a 1 de abril. Internacional português numa ocasião, o defesa-central, de 30 anos, passou ainda por Barcelona, Belenenses, Lille, Nantes, Feyenoord, Trabzonspor e Basaksehir.

[Notícia atualizada às 16h18]

Leia Também: "Uma calúnia". Dínamo Bucareste garante que tem Edgar Ié e não o gémeo

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório