Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 23º

Nuno Lobo 'atira-se' a Villas-Boas e recusa "colagem" a Pinto da Costa

Candidato garante que "não é por ter um programa diferente" que vai "deixar cair ou entregar o presidente do FC Porto aos rivais".

Nuno Lobo 'atira-se' a Villas-Boas e recusa "colagem" a Pinto da Costa
Notícias ao Minuto

07:07 - 25/04/24 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

Nuno Lobo concedeu, esta quarta-feira, uma extensa entrevista ao Porto Canal, na qual rejeitou "qualquer colagem ao presidente" do FC Porto, e sublinhou ter "um programa e propostas diferentes" de Jorge Nuno Pinto da Costa.

"Se me colarem ao candidato e presidente Pinto da Costa, não é por ter um programa diferente que vou deixar cair ou entregar o presidente do FC Porto aos rivais. É respeito pelo passado e pelo presente", começou por afirmar o candidato às eleições para presidência do clube, que estão agendada para o próximo sábado.

"Os pressupostos desta candidatura nasceram em 2020 mas, em 2024, viram uma extensão. A razão pela qual me candidatei foi a situação das contas, a existência de capitais negativos e a falta de ecletismo no FC Porto", acrescentou.

O líder da Lista C virou, de seguida, baterias para André Villas-Boas, negando as acusações de que estará a "copiar as ideias" do adversário, e atirou:  "Sinto-me usado, porque vi alguém que, em 2020, foi o primeiro subscritor do presidente Pinto da Costa".

"Subscreveu as contas más, os capitais próprios negativos de 120 milhões de euros. Essa pessoa subscreveu os ordenados chorudos dos administradores da SAD. Essa mesma pessoa subscreveu essa academia feita à pressa. Uma das pessoas que está na lista do André, o senhor doutor Tiago Silva, subscreveu essa mesma academia", rematou.

Leia Também: "Renovação de Conceição? Vergonhosa. Parem de brincar com os sócios"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório