Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

José Peseiro considera que jogadores da Nigéria "merecem a final" do CAN

O treinador português José Peseiro, que hoje venceu nas meias-finais da Taça das Nações Africanas de futebol ao comando da Nigéria, elogiou os jogadores da seleção que lidera, que "merecem estar na final".

José Peseiro considera que jogadores da Nigéria "merecem a final" do CAN
Notícias ao Minuto

23:49 - 07/02/24 por Lusa

Desporto CAN'2023

Em Bouake, a Nigéria venceu a África do Sul por 4-2 no desempate por grandes penalidades, após um empate a uma bola no tempo regulamentar e prolongamento, alcançando a final.

"Os jogadores merecem estar na final, conseguimos uma vitória muito boa, contra uma boa equipa. (...) Foi muito difícil vencer", declarou, em conferência de imprensa após a partida, na Costa do Marfim.

O técnico de 63 anos, que lidera na seleção os jogadores do Boavista Onyemaechi e Chidozie, além de Zaidu, do FC Porto, procura o sexto título da carreira, o segundo em África, em que já venceu uma Liga egípcia pelo Al-Ahly (2015/16).

Além disso, Peseiro quer ser o primeiro português de sempre a vencer uma CAN, tendo hoje que vencer uma equipa com "a melhor organização do torneio", recheando de elogios o congénere dos sul-africanos, Hugo Broos.

"Jogam muito juntos e criaram-nos muitos problemas. Tenho de felicitar Hugo Broos, que montou esta equipa e que os fez jogar muito bem", destacou.

Quanto à sua equipa, elogiou o "grande espírito" do grupo, que "luta sempre em conjunto", bem como as suas opções, como Moffi e Iheanacho, que ainda não tinham jogado na competição e hoje "jogaram como se tivessem participado em tudo".

"Estou muito feliz, assim como os jogadores. Merecemos, o povo nigeriano merece", declarou.

Em Bouake, os nigerianos levaram a melhor por 4-2 nos penáltis, com Iheanacho a marcar o pontapé decisivo.

Antes, Troost-Ekong fez, de penálti, o primeiro da partida, aos 67 minutos, mas os sul-africanos, com Yaya Sithole, do Tondela, no 'onze', empataram aos 90, de penálti, por Mokoena, com o prolongamento a não alterar as contas.

Os nigerianos procuram o quarto título em 20 participações, depois de 1980, 1994 e 2013, e um primeiro troféu com José Peseiro ao leme, defrontando na final a anfitriã Costa do Marfim, que hoje afastou a RD Congo por 1-0.

Leia Também: Nigéria não 'aVARia', sorri nos penáltis e Peseiro vai à final do CAN

Leia Também: FC Porto em alerta. Zaidu lesiona-se e é baixa para José Peseiro no CAN

Leia Também: Costa do Marfim marca encontro com a Nigéria, de Peseiro, na final do CAN

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório