Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 16º

Estoril 'aborta' a missão do FC Porto e garante apuramento dramático

O Estoril apurou-se para a 'final four' da competição.

Estoril 'aborta' a missão do FC Porto e garante apuramento dramático
Notícias ao Minuto

20:00 - 06/12/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Taça da Liga

O Estoril 'abortou' a missão do FC Porto e apurou-se para a 'final four' da Taça da Liga com muito drama tardio. Venceram por 3-1 e garantiram um apuramento inédito na sua história. O FC Porto já não tem hipótese de passar apesar de ter mais um jogo com o Leixões.

Durante a primeira parte, o FC Porto assumiu a posse de bola, como seria de esperar, de resto, e ambas as equipas tiveram apenas um remate enquadrado - e resultou logo em golos para cada lado. 

O primeiro sinal de perigo foi dado por Francisco Conceição, desta feita a beneficiar da titularidade. O extremo do lado direito cortou para dentro e atirou para dentro da baliza, junto ao poste mais distante. Golo de categoria. Só que Galeno, que participou na jogada, estava em posição irregular e o tento foi anulado.

Menos de dez minutos depois, aos 22', foi a vez do Estoril responder clinicamente. João Gomes 'descobriu' o avançado Cassiano nas costas da defensiva, com um grande passe, e o brasileiro não tremeu na cara de Cláudio Ramos. 

Só que estaria ainda reservado mais um golo na primeira parte, desta feita para o FC Porto. Taremi 'ajeitou' a bola com o peito para Pepê, à entrada da área, e este atirou cruzado e rasteiro, para igualar a partida. 

O brasileiro Evanilson entrou ao intervalo, bem como Rafik Guitane, do lado do Estoril. João Marques saiu. Logo a abrir a segunda parte, aos 47', Heriberto Tavares acertou na barra da baliza do FC Porto. Bom movimento do Estoril. 

O jogo estabilizou daí em diante e Sérgio Conceiçao até tirou os jogadores amarelados aos 60 minutos, mostrando alguma cautela. Evanilson ainda acertou na barra aos 86 minutos.

A 'hecatombe' portista chegou já perto do final do encontro. Os canarinhos chegaram ao golo pelo suplente utilizado Rafik Guitane aos 90+1', para grande desalento dos dragões e João Carlos ampliou a vitória para 3-1, de grande penalidade, aos 90+5'. Desilusão para a equipa de Sérgio Conceição, alegria para Vasco Seabra.

Onzes

Estoril: Dani Figueira, Raúl Parra, Volnei, Mangala, Wagner Pina, Koindredi, Alex Soares, João Marques, Rodrigo Gomes, Cassiano e Heri.

FC Porto: Cláudio Ramos, Fábio Cardoso, David Carmo, Zé Pedro, João Mendes, Pepê, Eustáquio, Grujic, Galeno, Taremi e Francisco Conceição. 

Antevisão

O FC Porto pode ter uma oportunidade de 'vingar' a derrota com o Estoril, para o campeonato, nesta edição da I Liga. Nesta quarta-feira, os dragões deslocam-se ao reduto dos canarinhos em jogo a contar para a Taça da Liga, uma competição que Sérgio Conceição afirmou querer ganhar. 

O FC Porto costuma sentir dificuldades no Estádio António Coimbra da Mota, no concelho de Cascais. Foram mais os jogos em que não ganhou (nove empates e 10 derrotas) do que os que venceu (14 triunfos). No entanto, a última vez que o Estoril ganhou aos dragões em casa foi na longínqua temporada de 1978/79. 

O jogo começa às 18 horas, esta quarta-feira, com arbitragem de Hélder Malheiro, sendo que poderá acompanhar todas as incidências da partida, em direto, no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Quintero recorda passagem pelo FC Porto e atira: "Não sou palhaço"

Leia Também: TAD julgou "totalmente improcedente" recurso de Luís Gonçalves

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório