Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

FC Porto não resiste ao 'furaJoão' e adia contas na Liga dos Campeões

Golos de Cancelo e Félix valeram uma vitória ao Barcelona e obrigam os dragões a disputar uma ‘final’ com o Shakhtar Donetsk.

FC Porto não resiste ao 'furaJoão' e adia contas na Liga dos Campeões

O Barcelona carimbou, ao início da noite desta terça-feira, o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, ao receber e bater o FC Porto, por 2-1, numa partida na qual voltou a ter de ‘sofrer’ para levar os três pontos.

Os dragões até foram os primeiros a marcar, por intermédio de Pepê, mas viram a dupla portuguesa formada por João Cancelo e João Félix dar a volta ao jogo, pelo que adiam as contas europeias para a última jornada

Pepê dá, João Cancelo tira

À imagem do que já tinha acontecido, na partida da primeira mão, o FC Porto deixou bem claro, desde o primeiro instante. que recusava vergar-se ao poderio do Barcelona, e, depois de uma entrada em campo algo cautelosa, foi, aos poucos, ‘galgando’ metros no terreno.

Aos sete minutos, Pepê (o principal agitador dos dragões) deixou a bola em Zaidu Sanusi, que rematou contra Ronald Araújo. Na resposta, Raphinha pegou na bola a partir da ala direita, fletiu para o centro e atirou para uma boa defesa de Diogo Costa.

Aos 26 minutos, Mehdi Taremi marcou, mas não valeu, visto que estava em posição irregular. Ainda assim, a festa azul e branca surgiria apenas quatro minutos depois, por intermédio de Pepê, a passe de Wenderson Galeno, na sequência de uma jogada de insistência.

Um lance que teve o condão de ‘acordar’ os catalães, que repuseram a igualdade, logo no instante seguinte, graças a um lance genial de João Cancelo. Minutos depois, João Félix dispôs de uma oportunidade de ouro para consumar a ‘cambalhota’, mas atirou por cima.

O jogo estava (bem) agitado, e, até ao apito para o intervalo, as duas equipas dispuseram de mais uma chance cada para ‘fazer estragos’. Primeiro, Raphinha atirou a centímetros do poste, após erro de Diogo Costa. Depois, Iñaki Peña ‘voou’ para desviar um remate de Alan Varela.

Teimosia de João Félix deu frutos

O Barcelona regressou dos balneários com as ‘pilhas’ recarregadas, e João Félix ficou logo à beira de marcar, em dois lances consecutivos. Primeiro, ‘disparou’ em cheio na barra da baliza à guarda de Diogo Costa. Depois, assistido por João Cancelo, atirou a centímetros do poste.

Mas não há duas sem três, e, aos 57, conseguiu, de uma vez por todas, fazer o golo que há tanto tempo lhe escapava. O avançado português combinou com João Cancelo e, já no coração da grande área, apareceu a colocar a bola no fundo das redes.

Aos 80 minutos, os homens de Sérgio Conceição ainda dispuseram de uma grande oportunidade para marcar, mas, completamente solto na grande área, Pepê preferiu tentar dominar a bola ao invés de rematar de primeira, e a jogada perdeu-se.

Feitas as contas, o Barcelona passa a somar 12 pontos e ascende à liderança isolada do Grupo H. Seguem-se FC Porto e Shakhtar Donetsk, que levam nove pontos cada e vão disputar uma autêntica ‘final’ pelos oitavos-de-final, no Dragão, no próximo dia 13 de dezembro.

Já na quarta e última posição, encontra-se o Antuérpia, sem qualquer ponto conquistado ao cabo de cinco jornadas, o que significa que já nem sequer se pode dar ao luxo de ‘sonhar’ com uma vaga na Liga Europa.

Momento do jogo: Em ‘brasas’ devido a uma série negativa, o Barcelona viu-se em desvantagem, mas não ‘atirou a toalha ao chão’. Apenas dois minutos depois de Pepê desfazer o nulo, João Cancelo respondeu, com um grande golo, que abriu caminho à ‘remontada’.

Onzes

Barcelona: Iñaki Peña; João Cancelo, Ronald Araújo, Iñigo Martínez, Jules Koundé; Ilkay Gundogan, Pedri, Frenkie De Jong; Raphinha, João Félix e Robert Lewandowski.

FC Porto: Diogo Costa; João Mário, Pepe, Fábio Cardoso, Zaidu Sanusi; Stephen Eustáquio, Alan Varela, Galeno, Pepê; Mehdi Taremi e Evanilson.

Antevisão

O FC Porto vai procurar dar, esta terça-feira mais um passo no sentido do apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Pela frente, terá o Barcelona, a equipa que, há menos de dois meses, lhe provocou aquela que é a única derrota na nova temporada da prova milionária, até ao momento.

Na altura, o conjunto comandado por Sérgio Conceição deu uma boa réplica, mas acabou 'vergado', por 0-1, no Dragão, fruto de um golo de Ferrán Torres, à beira do apito para o intervalo, do qual irá, agora, provocar 'vingar-se', no Estádio Olímpico Lluys Companys.

Portugueses e espanhóis, recorde-se, chegam à quinta e penúltima jornada na liderança partilhada do Grupo H, com nove pontos cada, mais três do que o Shakhtar Donetsk e mais nove do que o Antuérpia, que, horas antes, medem forças, em Hamburgo.

O Barcelona-FC Porto irá contar com a arbitragem do juiz italiano Daniele Orsato, e pode acompanhá-lo, em direto, a partir das 20h00 (hora de Portugal Continental), no Desporto ao Minuto.

Leia Também: "Há o sonho de o FC Porto regressar à final da Liga dos Campeões, mas..."

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório