Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

Van Basten e a violência nos estádios: "Talvez devêssemos parar de jogar"

O antigo futebolista condenou os acontecimentos que tiveram lugar no jogo entre Ajax e Feyenoord, neste domingo.

Van Basten e a violência nos estádios: "Talvez devêssemos parar de jogar"
Notícias ao Minuto

19:06 - 25/09/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Países Baixos

O ex-avançado neerlandês Marco Van Basten quer medidas mais duras no futebol do país após os incidentes ocorridos no domingo, durante a partida do Ajax contra o Feyenoord. A violência fora do estádio e o lançamento de material pirotécnico para o relvado ditaram o adiamento da partida.

Van Basten juntou-se à indignação geral em declarações à Ziggo Sport “Se tenho a solução? Não, eu não tenho nenhuma. É uma coisa recorrente e foi uma ação deliberada. Se não nos conseguimos comportar normalmente nos estádios, talvez devêssemos parar de jogar. Isto não é mais possível. Estádios vazios não são uma opção, não tem nada a ver com o futebol, mas enfrentamos este problema quase todas as semanas”, acrescentou a antiga lenda do Ajax, desfavorável à ideia de retomar este jogo.

"Se isto é tão importante, a política deveria realmente torná-lo um problema. Vamos parar um dia ou outro, isso não pode continuar. Não deverá ser possível repetir esta partida. Vamos dar ao Feyenoord a vitória por 3-0, apesar de dizerem que poderiam ter vencido ainda mais por uma larga margem. Tudo bem, nesse caso, vamos dar a vitória a eles com um resultado de 5-0", atirou Marco Van Basten.

Leia Também: Oficial: Ajax-Feyenoord vai ser retomado sem adeptos nas bancadas

Leia Também: Violência no exterior do estádio do Ajax faz a primeira 'vítima' no clube

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório