Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

FC Porto apaga a 'Estrela' e passa (pelo menos) a noite no 'trono'

Taremi 'saltou' do banco para garantir um triunfo (muito) 'suado' para os homens de Sérgio Conceição.

FC Porto apaga a 'Estrela' e passa (pelo menos) a noite no 'trono'
Notícias ao Minuto

21:24 - 15/09/23 por Carlos Pereira Fernandes

Desporto I Liga

O FC Porto regressou da melhor maneira possível à ação, depois da pausa para compromissos internacionais, ao visitar e derrotar o Estrela da Amadora, no Estádio José Gomes, por 0-1, na partida inaugural da quinta jornada da I Liga, na qual não faltaram peripécias ao longo dos 90 minutos.

Mehdi Taremi marcou, aos 29 minutos, o golo que abriu caminho ao triunfo ‘fora de portas’, que coloca os vice-campeões nacionais em título, provisoriamente, na liderança isolada da tabela, enquanto aguarda pelos encontros de Boavista e Sporting, diante de Desportivo de Chaves e Moreirense, respetivamente.

Mais ‘turbulento’ era difícil

‘Transfigurado’ num 3x5x2, perante uma autêntica ‘revolução’ promovida por Sérgio Conceição, o FC Porto entrou bem no jogo, intenso, pressionante e a envolver muita gente no ataque. O primeiro aviso surgiu, de resto, logo nos segundos iniciais, quando Gonçalo Borges trabalhou bem na ala direito, fletiu para o centro e desferiu um remate perigoso.

O mote para um bom jogo estava dado, mas a verdade é que aquilo que se passou daí em diante foi uma série de peripécias que em nada o beneficiaram. O primeiro de todos teve lugar ao segundo minuto, quando Ronald Pereira caiu na grande área e pediu penálti, por suposta falta de Iván Jaime.

Instantes depois, Iván Marcano caiu no relvado, teve de ser assistido e acabou mesmo por ser substituído. Pelo meio, os homens da casa aproveitaram a vantagem numérica para criar perigo, e João Pinheiro assinalou grande penalidade, por falta de Pepe sobre Léo Jabá. No entanto, após rever as imagens, voltou atrás na decisão.

Aos 15 minutos, eis que o treinador dos azuis e brancos foi confrontado com uma nova contrariedade. Evanilson foi derrubado por Miguel Lopes, à entrada da grande área, e também ele teve de ser substituído por Mehdi Taremi… que não demorou muito tempo até conseguir ‘fazer estragos’.

Aos 29 minutos, lançado por Pepe, o internacional iraniano trabalhou bem sob um adversário e atirou para o fundo das redes à guarda de Bruno Brigido. Os amadorenses reclamaram veementemente uma suposta falta do capitão portista, no início da jogada, mas a verdade é que o golo foi validado.

À beira do apito para o intervalo, os visitantes tiveram uma oportunidade de ouro para dilatar a vantagem, mas, primeiro, André Franco, e, depois, Gonçalo Borges não conseguiram desviar para o alvo. Na resposta, Léo Cordeiro ameaçou, do ‘meio da rua’, assim como Ronald Pereira, que, ‘sozinho contra o mundo’, rematou para a defesa de Diogo Costa.

Um dragão que só sabe sofrer

Depois da ‘loucura’ do primeiro tempo, o segundo assumiu uma toada bem mais ‘morna’, em que o FC Porto foi, aos poucos, perdendo o controlo do jogo para o Estrela da Amadora, que, aos 69 minutos, ficou mesmo à beira de marcar, por intermédio de… Alan Varela, que, na tentativa de atrasar a bola para Diogo Costa, quase a colocou na própria baliza.

Aos 73 minutos, Ronald Pereira avançou pela ala esquerda e cruzou para Ronaldo Tavares, que, à ‘boca’ da baliza, cabeceou por cima da trave. Aos 90, Régis, saído do banco, ganhou o esférico após uma ‘asneira’ de Diogo Costa, mas, quando já festejava o golo, viu Alan Varela esticar-se para o desviar e garantir o resultado final.

Feitas as contas, com este triunfo, o FC Porto passa a somar 13 pontos em 15 possíveis, o que o deixa, provisoriamente, na liderança isolada da I Liga, com três pontos de vantagem sobre Boavista e Sporting, que ainda vão entrar em ação. Quanto ao Estrela da Amadora, permanece com quatro pontos e é 13.º classificado.

Momento do jogo: Naquela que foi uma partida intensa, muitas vezes a roçar os limites da agressividade, o FC Porto passou por alguns momentos de ‘aperto’, mas o (belo) golo de Mehdi Taremi, apenas 14 minutos depois de ter entrado para o lugar do lesionado Evanilson, abriu caminho para a vitória.

Onzes

Estrela da Amadora: Bruno Brígido; Hevertton, Omurwa, Miguel Lopes, Kialonda Gaspar, João Reis; Aloísio Souza, Léo Cordeiro; Leo Jabá, Ronald e Ronaldo Tavares.

FC Porto: Diogo Costa; David Carmo, Pepe, Marcano; Galeno, Alan Varela, André Franco, Iván Jaime, Gonçalo Borges; Evanilson e Fran Navarro.

Antevisão

Encerrada que está a pausa para compromissos internacionais, é hora de recolocar os 'holofotes' sobre a I Liga. A quinta jornada arranca já esta sexta-feira, com o encontro entre Estrela da Amadora e o FC Porto, que terá lugar no Estádio José Gomes.

Amadorenses e dragões já não medem forças há 14 anos, fruto da 'derrocada' que os primeiros sofreram, por motivos extra-futebol. Ainda assim, na última ocasião, foram estes que saíram por cima, ao vencer, por 2-1, na segunda mão dos quartos-de-final da Taça de Portugal.

Agora, o objetivo de ambos passa por triunfar, ainda que por motivos distintos. Os homens de Sérgio Conceição sabem que, se o fizerem, irão isolar-se, provisoriamente, na liderança. Já os de Sérgio Vieira, têm a oportunidade de se distanciarem dos lugares de despromoção.

O Estrela da Amadora-FC Porto irá contar com a arbitragem de João Pinheiro, juiz da Associação de Futebol de Braga, e pode acompanhá-lo, em direto, a partir das 19h15 (hora de Portugal Continental), no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Estrela-FC Porto: 14 anos depois, o dragão 'sobrevoa' o José Gomes

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório