Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Messi renunciou à Argentina há sete anos... e o resto é história

Toda a polémica aconteceu em 2016, após a final da Copa América perdida nas grandes penalidades, diante do Chile.

Messi renunciou à Argentina há sete anos... e o resto é história
Notícias ao Minuto

08:51 - 27/06/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Argentina

O dia 26 de junho de 2016 ficou marcado na história do futebol pelo inesperado (e de certa forma escandaloso) adeus de Lionel Messi à seleção da Argentina, ao perceber que não era sinónimo de sorte após várias finais perdidas.

Logo após ter visto o Chile vencer a Copa América do referido ano, no desempate por grandes penalidades, o internacional argentino garantiu que não voltaria a jogar pela sua seleção, até que se viria a redimir, em agosto de 2016, voltando atrás com a sua decisão.

O resto é história. A seleção da Argentina, no espaço de sensivelmente um ano, conquistou três importantes troféus e Lionel Messi virou herói, primeiro com a Copa América (2021) e depois com a Finalíssima Intercontinental (2022) e, claro, o Mundial do Qatar (2022).

Nessa altura, o experiente avançado brilhava ao serviço do Barcelona, tendo assinado pelo Paris SG apenas nas últimas duas temporadas, preparando-se agora para representar o Inter Miami, da MLS.

Leia Também: Messi já saiu do Paris SG, mas continua a acumular prémios em França

Leia Também: Adeptos do Boca Juniors dedicam cântico a Messi: "Vai ter de nos perdoar"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório