Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 29º

"Modelo de Schmidt veio para ficar. Di María será importante no Benfica"

Antiga referência das águias deixou ainda elogios a... Oydsseas Vlachodimos.

"Modelo de Schmidt veio para ficar. Di María será importante no Benfica"
Notícias ao Minuto

13:40 - 26/06/23 por Notícias ao Minuto

Desporto António Simões

O nome de Ángel Di María tem sido dado como praticamente certo no Benfica e tal movimentação das águias no mercado mereceu um comentário de António Simões, antigo jogador das águias, que deixou ainda elogios ao guardião Odysseas Vlachodimos.

"Devemos dar as boas-vindas ao Di María, esperando que com 35 anos possa ser útil à equipa, e que possa voltar a celebrar como o fez nos bons momentos que teve no Benfica. O número 11 é um número que vesti centenas de vezes durante muitos anos, e é mais um motivo para as boas-vindas e que seja feliz neste regresso ao Benfica", começou por dizer em declarações à Rádio Renascença.

"Alguém tem de desequilibrar. A posse de bola é importante porque tira armas ao adversário, mas é preciso atacar. O Di María tem a capacidade de ter o risco, criar situações de superioridade numérica e servir os companheiros para fazer golo. O modelo de jogo de Roger Schmidt veio para ficar, pelo que ele será importante no ataque do Benfica".

Para além do mediatismo em torno do internacional argentino, António Simões 'afastou' o cenário de críticas que recaem sobre Odysseas Vlachodimos e não hesitou em apontar traços positivos no guardião grego.

"Todos os anos se duvida da qualidade de Vlachodimos, e é posta em causa a sua qualidade, mas ele continua a resistir a tudo. Não é elegante por em dúvida o valor de um guarda-redes que há anos que está no clube e que já teve sucesso e ajudou à conquista de títulos", atirou.

"Se me perguntarem se está dentro dos melhores cinco do mundo, digo que não. Mas se me perguntarem se tem capacidade, eu digo que sim. Se é para mexer, que se mexa num guarda-redes de classe mundial, e que não se exagere em saber jogar com os pés. Agora quando se vai ver um guarda-redes para saber se ele é bom, a primeira coisa que se olha é para os pés, então deixou-se de olhar para as mão? Não consigo compreender", completou o raciocínio.

Recorde-se que, após a passagem pelo Benfica, Di María representou clubes como Real Madrid, Manchester United e Juventus, emblema do qual está de saída a custo zero.

Leia Também: "Di María era muito franzino no Benfica, mas começou a melhorar..."

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório