Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 27º

Sub-21: Rui Jorge lamenta recente perda de Fábio Vieira

A ausência de Fábio Vieira, que abandonou o estágio da seleção portuguesa de sub-21 devido a lesão, "tem peso" nas expectativas nacionais para o Europa de futebol da categoria, disse hoje o treinador Rui Jorge.

Sub-21: Rui Jorge lamenta recente perda de Fábio Vieira
Notícias ao Minuto

19:33 - 20/06/23 por Lusa

Desporto Sub-21

"Os números demonstram-no. É um jogador muito influente na nossa equipa e na forma de jogar, que já está connosco desde a geração passada e teve uma ótima fase final em 2021. É claro que ele nos fará falta, tal como nos fariam outros jogadores que estiveram nesta qualificação e se lesionaram. Lamento muito que não possam estar cá", assinalou.

Rui Jorge falava durante a conferência de imprensa de antevisão ao duelo com a anfitriã Geórgia, na quarta-feira, de abertura do Grupo A da prova, no qual a equipa das 'quinas' estará sem nomes como Fábio Vieira (Arsenal), Tomás Tavares (Spartak Moscovo) ou David da Costa (Lens), que deixaram o estágio nas últimas semanas por motivos físicos.

"[As lesões] Condicionaram-nos, mas continuamos a ter uma excelente seleção. É lógico dizer que, se não tivessem existido estas lesões, o grupo eventualmente não seria este, mas acredito bastante e estou contente com o comportamento de quem cá está. Como jogadores de qualidade que são, acredito que teremos um bom desempenho", afiançou.

Fábio Vieira, de 23 anos, tinha sido eleito o melhor futebolista do último Europeu, que os lusos perderam na final diante da Alemanha (0-1), em 2021, na Eslovénia, e terminou a qualificação para esta edição como segundo melhor marcador nacional, com sete golos.

O lugar do capitão foi ocupado pelo extremo Diego Moreira, de 18 anos, que alinhou pela equipa B do Benfica em 2022/23 e estava inserido na preparação da seleção nacional de sub-19 para o Europeu da categoria, que vai decorrer em julho, em Malta.

"O facto de o Europeu ser nesta fase é complicado. À partida, o Diego Moreira não seria essa substituição imediata, mas a maior parte dos jogadores está parada há mais de 15 dias e não era expectável que alguém chegasse cá há três dias e pudesse jogar", notou Rui Jorge, salientando a importância de o dianteiro ter viajado com ritmo para a Geórgia.

Diego Moreira juntou-se ao grupo dos sub-21 na segunda-feira e participou hoje no treino de adaptação ao palco do jogo com a Geórgia, em conjunto com os restantes 22 atletas.

"Já o tínhamos chamado há praticamente um ano para este espaço. Gostámos das suas características e entendemos por bem trazê-lo para o nosso grupo. Sabemos bem aquilo que ele pode e não nos pode dar ainda, mas creio que pode ser uma peça importante no equilíbrio coletivo", concluiu Rui Jorge, sobre um dos três nomes sem quaisquer partidas realizadas no escalão, a par de Francisco Meixedo (FC Porto B) e João Neves (Benfica).

Portugal, vice-campeão em título, inicia a nona presença em fases finais face à estreante Geórgia, na quarta-feira, às 20:00 locais (17:00 em Lisboa), no Estádio Boris Paichadze, em Tbilisi, em jogo com arbitragem do norueguês Espen Eskas, que decorrerá à mesma hora do confronto entre os Países Baixos e a Bélgica, os restantes oponentes da 'poule'.

Finalista derrotada em 1994, 2015 e 2021, a formação das 'quinas' precisa de ficar num dos dois primeiros lugares para aceder à fase seguinte do Europeu de sub-21, que reúne 16 participantes pela segunda edição seguida e é coorganizada por Roménia e Geórgia, país que vai receber a final, agendada para 08 de julho, na Adjarabet Arena, em Batumi.

Leia Também: Rui Jorge adverte para fisicalidade da Geórgia

Leia Também: Lesão afasta Fábio Vieira do Euro de sub-21

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório