Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
29º
MIN 18º MÁX 37º

Injeção luso-norueguesa numa noite sem tango: As notas do Arouca-Benfica

João Mário bisou em golos e Aursnes em assistências, numa noite sem Enzo e com pouca nota artística.

Injeção luso-norueguesa numa noite sem tango: As notas do Arouca-Benfica
Notícias ao Minuto

07:40 - 01/02/23 por Ricardo Santos Fernandes

Desporto Análise

O Benfica venceu, esta terça-feira, em Arouca, o conjunto local, por 3-0, num duelo relativo à 18.ª jornada da I Liga, aumentando assim, à condição, para três dígitos, a distância para Sporting de Braga (+10) e FC Porto (+11).

As águias não foram forçadas a puxar da ‘caixa de velocidades’, já que o conjunto anfitrião pouco beliscou a nível ofensivo, e nas ocasiões que os encarnados dispuseram… foram letais. Mesmo sem Enzo Fernández, o líder do campeonato não perdeu combustão na linha intermediária.

Um setor que produziu os três golos do conjunto lisboeta, com João Mário a bisar, e a chegar aos 10 golos no campeonato, e Aursnes a rubricar uma parelha de assistências. Esta foi a décima vez que o Benfica venceu por três ou mais golos esta época, vindo também de três triunfos consecutivos fora de casa e sem sofrer qualquer golo.

Vamos então às notas de destaque desta partida:

Figura do jogo

Na ausência do goleador Gonçalo Ramos, João Mário vestiu a pele de marcador nato e rubricou dois remates certeiros em Arouca. Já leva 10 na conta pessoal do campeonato e está apenas a dois do companheiro de equipa, assim como de Fran Navarro.

Surpresa do jogo

Fredik Aursnes começa a colecionar boas exibições com a camisola das águias e nota-se um toque refinado do norueguês no último passe. Rubricou duas assistências e dos seus pés nasceram as melhores jogadas de perigo dos encarnados.

Desilusão

O avançado do Arouca, Benji Michel, mereceu a titularidade e esteve em ação apenas 59 minutos. Uma mão quase cheia de nada e pouco se viu do norte-americano em campo.

Treinadores

Armando Evangelista não tinha muito a perder, afinal o rival era de um potencial bastante superior, porém faltou muito sal e pimenta à exibição do Arouca. Poucas cócegas fez à baliza do Vlachodimos, colocando raras dificuldades à defesa encarnada.

Roger Schmidt recebeu esta terça-feira uma boa resposta de João Mário, Aursnes e Chiquinho, face à ausência de Enzo Fernández. Se o internacional argentino parece um médio insubstituível, também é verdade que o técnico alemão continua a olear muito bem a ‘sala de máquinas’ do meio-campo encarnado.

Árbitro da partida

Arbitragem sem problemas de maior para Rui Costa. Bem no critério técnico e disciplinar.

Leia Também: Schmidt visa Enzo: "O Benfica é muito maior do que um jogador..."

Leia Também: "Enzo? O acordo com o Chelsea está feito. Faz parte do futebol"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório