Meteorologia

  • 02 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 13º

FC Porto-Ac. Viseu: Nenhum perde há mais de três meses. Quem trava quem?

Dragões estão há 15 jogos sem perder, enquanto os viriatos elevaram a fasquia para os 20, pelo que nenhum quererá ser travado tão perto da final da Taça da Liga.

FC Porto-Ac. Viseu: Nenhum perde há mais de três meses. Quem trava quem?

FC Porto e Académico de Viseu defrontam-se, esta quarta-feira, na luta pela última vaga da final da Taça da Liga, agendada para este sábado, igualmente em Leiria.

Frente a frente, estarão as equipas que levam a série mais longa de jogos sem perder na I e II Liga, respetivamente, pelo que ninguém quererá ser travado, muito menos no acesso à final de uma competição.

Os dragões já não conhecem o sabor da derrota desde a derrota no Clássico, com o Benfica (0-1). levando uma série de 15 jogos sem perder, enquanto os viriatos já não perdem há 20 jogos, sendo que a última vez aconteceu no primeiro jogo de Jorge Costa na liderança do emblema do segundo escalão do futebol português.

A juntar a isso, Sérgio Conceição e Jorge Costa não estarão propriamente com uma boa relação e o curto histórico até é favorável ao treinador dos dragões, com dois triunfos em dois jogos, estendendo a lógica ao confronto direto entre as duas equipas, com 11 triunfos para o FC Porto e ainda dois empates.

O jogo tem apito inicial agendado para as 19h45 (horário de Portugal Continental), em Leiria, será ajuizado por Rui Costa e poderá acompanhar as incidências da partida, em direto, no Desporto ao Minuto.

Treinadores em discurso direto

Sérgio Conceição

Análise ao adversário: "É uma equipa que gosta de jogar a partir de trás, dentro daquilo que pude ver. Vi muitos jogos desde que o Jorge Costa assumiu a equipa. Têm um meio campo rotativo, com alas bem largos e um avançado móvel a jogar em apoio e a fazer ataques à profundidade muito interessantes, neste caso, o Clóvis. Creio que têm uma dinâmica muito interessante. Penso que fez golos em todos os jogos desde a chegada do Jorge. É verdade que têm sofrido, com uma linha defensiva de quatro. Entramos aqui quase numa lição tática. Estão bem trabalhados. Nós preparámos este jogo como se fosse um jogo de Liga de Campeões, ou seja, com máxima seriedade. Têm feito um trajeto fantástico nas Taças e pode claramente disputar a I Liga, na primeira metade, pela qualidade que demonstra".

Abordagem à 'final four': "Não disse nada de diferente. Em todos os momentos, queremos ganhar ao nosso próximo adversário, independentemente da competição, sempre com seriedade no trabalho. Foi tudo trabalhado da mesma forma, com ligeiras nuances por comparação a jogos da Liga dos Campeões, claro. Isso demonstra bem o respeito que temos pelo Académico de Viseu. Se correr mal alguma coisa, não podemos recuperar. Somos eliminados. Sabemos que temos uma equipa mais forte por comparação ao adversário, mesmo sendo um clube com história, mas vamos fazer de tudo para estar na final no sábado".

Superar fantasmas?: "Acho que a Taça da Liga tem evoluído de ano para ano, na minha opinião. Lembro-me do início, em que se metiam jogadores da equipa B com mais regularidade. Agora acho que todos querem ganhar. Todos a disputam como se de um título se tratasse. Se ganhar nos dá mais gasolina? É mais um título. A nossa gasolina é diária. Ainda não temos esse troféu no museu, mas primeiro temos de defrontar o Académico de Viseu".

Jorge Costa

Expetativas: "Estamos muito contentes de ter chegado aqui. Foi um feito histórico para nós. Viseu está ao rubro e vamos aproveitar isto. Mas nós não viemos para ser o bombo da festa. Se pudermos, vamos tentar algo mais".

Objetivo: "Claramente, este não era o nosso objetivo, mas esta participação na 'final four', para aquilo que é o projeto do Académico, é a cereja no topo do bolo. Ou seja, uma oportunidade para promovermos jogadores, para jogar a um nível que ainda não nos aconteceu esta época, para perceber até que ponto é que também temos ou não essa capacidade, mas, acima de tudo, para fazer as coisas bem feitas".

FC Porto: "Há uma diferença gritante entre o FC Porto e o Académico. Claramente que nós sabemos que numa maratona, num campeonato, o FC Porto, naturalmente, chegaria à nossa frente. Numa prova de 'sprint', onde tudo se decide em 90 minutos ou um pouco mais, tudo pode acontecer. Pode haver um percalço qualquer e aí, sim, nós temos as nossas hipóteses".

Últimos resultados

FC Porto: V-V-V-E-V

Académico de Viseu: E-E-V-V-V

Últimos onzes

FC Porto: Diogo Costa; João Mário, Pepe, Iván Marcano, Wendell; Matheus Uribe, Otávio, Stephen Eustáquio, Wenderson Galeno; Mehdi Taremi e Toni Martínez

Académico de Viseu: Domen Gril; Rafael Bandeira, André Almeida, Arthur Chaves, Igor Milioransa; Nduwarugira, Paná, Famana Quizera; Jonathan Toro, Gauthier Ott, André Clóvis

Ausências

FC Porto: Grujic, Evanilson e Francisco Meixedo (lesionados)

Académico de Viseu: (-)

Leia Também: "Ac. Viseu? Pela qualidade podia estar na primeira metade da I Liga"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório