Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 18º

Basquetebolista quer abandonar o Sporting: "Travante Williams agrediu-me"

Derrick Fenner acusou o norte-americano de o ter agredido num treino.

Basquetebolista quer abandonar o Sporting: "Travante Williams agrediu-me"
Notícias ao Minuto

08:53 - 07/12/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Basquetebol

Derrick Fenner chegou ao Sporting nesta temporada proveniente do Imortal, mas quer sair do clube de Alvalade. O norte-americano acusa o companheiro de equipa Travante Williams de o ter agredido num treino na semana que antecedeu o jogo com o FC Porto.

"Fui agredido num treino pelo Travante Williams (soco na cara), deixando-me com pontos, dores de cabeça e a mandíbula inchada. A situação colocou a minha família e a minha segurança em risco. Portanto, somos obrigados a ir embora", confirmou o basquetebolista de 29 anos ao jornal O Jogo, sublinhando ainda que "quando o sangue começou a sair do meu lábio, percebi que tudo seria diferente".

DJ Fenner lamentou ainda a situação, salientando que não esperava que esta situação acontecesse, até porque os dois têm vários amigos em comum.

"Estávamos a ganhar, eu a gostar do meu papel na equipa, de estar com os meus colegas e ir diariamente para o clube trabalhar. Antes de vir para cá, sabia que o Travante era o "homem", ele ganhou o respeito dos seus companheiros e da cidade de Lisboa inteira. Sabia que tínhamos de trabalhar bem juntos para ganhar. Nunca pisei ninguém e fui mais longe ao dizer-lhe que era a "sua" equipa e eu só estava a tentar ajudar. Até me sentia próximo dele, especialmente porque jogámos um contra o outro na universidade, temos muitos amigos em comum e somos do nordeste dos EUA - eu de Washington State, ele do Alaska. Isto era a última coisa que esperava que acontecesse", vincou ainda Fenner, revelando também que Travante lhe deixou um bilhete no cacifo com a morada de casa, para que os dois lutassem.

O basquetebolista, que foi um dos destaques do Imortal na época passada, não garante que não vai voltar atrás na ideia de deixar os leões, até porque concluiu, depois da agressão que sofreu, "tudo seria diferente e um de nós teria de deixar o Sporting".

"O Sporting continua a tentar que fique e não me deixa rescindir até encontrarem um substituto. Mas, por causa desta situação, eu e a minha família estamos a pensar voltar para os EUA e lá ponderar o próximo passo, onde quer que seja", finalizou.

Leia Também: Benfica bate Sporting no dérbi e mantém registo 100% vitorioso

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório