Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 18º

Morreu Domingos Gomes, antigo médico do FC Porto

Antigo profissional de saúde tinha 82 anos.

Morreu Domingos Gomes, antigo médico do FC Porto
Notícias ao Minuto

16:42 - 28/11/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Óbito

O FC Porto emitiu, esta segunda-feira, um comunicado no site oficial no qual confirma a morte de Domingos Gomes, de 82 anos, que foi médico da equipa principal dos portistas durante muitos anos.

Figura história da medicina desportiva, Domingos Gomes esteve no FC Porto entre 1976 e 1999. Passou ainda pela FIFA e UEFA numa carreira de 50 anos ligado à medicina desportiva.

Nascido em Ribeira de Pena em julho de 1940, Domingos Gomes licenciou-se em 1971 e foi docente na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto por mais dez anos.

O antigo profissional de saúde chegou ao FC Porto chegou ao FC Porto por intermédio de José Maria Pedroto "e implementou de imediato diversas medidas no departamento médico que viriam a servir de bitola para todos os emblemas dentro e fora de portas."

Em 1993 recebeu o Dragão de Ouro para Profissional do Ano na gala que teve lugar no Casino da Póvoa de Varzim. 

Confira o comunicado do FC Porto

"Lendário médico do FC Porto tinha 82 anos

Continuam a chegar más notícias ao seio da família portista: faleceu Domingos Gomes, figura marcante da medicina desportiva portuguesa, aos 82 anos de idade.

Nascido na vila transmontana de Ribeira de Pena em julho de 1940, Domingos Gomes licenciou-se em 1971 e manteve-se ligado à Faculdade de Medicina da Universidade do Porto no papel de docente por mais dez anos. Especializou-se e destacou-se na medicina desportiva, área em que se tornou num dos pioneiros e mais proeminentes peritos internacionais no acompanhamento e recuperação de atletas lesionados.

Chegou ao futebol profissional do FC Porto pela mão de José Maria Pedroto e implementou de imediato diversas medidas no departamento médico que viriam a servir de bitola para todos os emblemas dentro e fora de portas.

Manteve-se ao serviço do clube do coração durante várias décadas e ajudou sempre todos aqueles que alguma vez necessitaram dos seus cuidados. Por isso mesmo, em 1993, recebeu o Dragão de Ouro para Profissional do Ano na gala que teve lugar no Casino da Póvoa de Varzim.

Aquando da queda de um varandim no Estádio de Alvalade, abandonou o autocarro azul e branco para socorrer os adeptos do Sporting que corriam perigo de vida. Meses depois assistiu Silvino, então guarda-redes do maior rival, e deixou o relvado do Estádio da Luz debaixo dos aplausos de adeptos do Benfica e FC Porto.

A memorável passagem pelo emblema azul e branco entre 1976 e 1999 levou-o a aceitar o convite da UEFA e da FIFA para integrar as equipas médicas dos organismos que tutelam o futebol europeu e mundial. Depois de 15 anos nas mais altas instâncias internacionais, comemorou meio século de carreira em 2019.

Num momento tão difícil para quem ama o FC Porto, o clube mostra-se solidário com todos e endereça a mais sentidas condolências aos amigos e família do doutor Domingos Gomes."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório