Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 20º MÁX 28º

"Se quiserem ser treinadores vão à CBF, fazem o curso e sentam-se aqui"

Treinador do Palmeiras não gostou de uma pergunta que lhe foi feita a propósito do facto do Palmeiras ter ficado a jogar com menos um jogador.

"Se quiserem ser treinadores vão à CBF, fazem o curso e sentam-se aqui"
Notícias ao Minuto

11:51 - 04/10/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Abel Ferreira

O líder Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, venceu na segunda-feira em casa do Botafogo, de Luís Castro, por 3-1, em jogo da 29.ª jornada do campeonato brasileiro, o que deixa a equipa de São Paulo com uma vantagem de dez pontos no topo da classificação.

Após o encontro, e quando faltam nove jornadas para o fim o Brasileirão, Abel Ferreira foi questionado sobre uma eventual euforia por parte dos jogadores.

"Já me habituei, e já disse aos jogadores, que não se deixem ganhar pelo que leem. Aqui [no Brasil] ganham os jogos antes de os fazer. Eu só conheço uma forma de ganhar, que é dentro de campo. Há pouco tempo tivemos uma final entre uma equipa brasileira e uma estrangeira [o Independiente del Valle, do Equador, venceu o São Paulo (2-0), na final da Taça Sul-Americana] e toda imprensa já tinha dito que estava ganho. O respeito pelo adversário tem que começar por treinadores, jogadores e vocês da imprensa. No futebol aprendi que tudo é possível. Às vezes, se não respeitamos os adversários, depois saem as coisas ao contrário", começou por dizer o técnico português.

"Não vamos mudar uma vírgula daquilo que dissemos desde que entramos no início da competição, tínhamos objetivos claros na Copa do Brasil e Libertadores e fomos eliminados da forma que fomos. No Brasileirão temos nove finais, vamos encarar com esse equilíbrio, vontade e qualidade dos jogadores, que mais uma vez mostraram qualidade em todos os níveis, técnica, tática, física e mental", acrescentou Abel Ferreira.

Nesta partida com o Botafogo, o Palmeiras terminou reduzido a dez unidades fruto da expulsão de Zé Rafael aos 69 minutos, por acumulação de amarelos. O técnico foi questionado sobre qual a fórmula que a equipa tem para não acusar a desvantagem em campo, ao que Abel Ferreira responde de forma nada amigável.

"Por isso sou treinador e vocês são jornalistas. Se quiserem ser treinadores vão à CBF, fazem o curso e sentam-se aqui no meu lugar. Quando temos menos jogadores temos de fazer outras coisas, e eles têm sido brilhantes. Tenho que agradecer aos jogadores porque com o tempo fazem de mim melhor treinador", finalizou o treinador português.

Leia Também: Palmeiras, de Abel Ferreira, vence Luís Castro com reviravolta

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório