Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 16º

Gonzalo Higuaín anuncia fim da carreira: "Chegou o dia de dizer adeus"

Internacional argentino pendura as chuteiras aos 34 anos, momento que irá acontecer no final da época na MLS, campeonato norte-americano.

Gonzalo Higuaín anuncia fim da carreira: "Chegou o dia de dizer adeus"
Notícias ao Minuto

17:48 - 03/10/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Redes Sociais

O Inter Miami recorreu esta segunda-feira às redes sociais para anunciar que Gonzalo Higuaín decidiu colocar um ponto final na carreira de futebolista no final da época na MLS, campeonato norte-americano.

Numa conferência de imprensa promovida pelo emblema dos Estados Unidos, que representa desde 2020, o avançado destacou que "chegou o dia de dizer adeus".

"Hoje que contar-vos a minha história. Vou ler algo que escrevi estes dias sobre o que foi a minha carreira. É o momento de comunicar uma notícia que há uns tempos estou a processar, a analisar e a preparar-me para ela: chegou o dia de dizer adeus ao futebol, uma profissão que tanto me deu e que me sinto um privilegiado por tê-la vivido. Tudo começou em pequeno no meu bairro e na escola, a jogar no Atlético Palermo. Fez-me passar uma infância maravilhosa", começou por dizer.

"Depois continuei a crescer num clube enorme como o River Plate, pelo qual me estreei em maio de 2005 com 17 anos. Não foi tudo fácil, numa altura na formação joguei pouco porque era magrinho e não tão alto. Pensei que me iam expulsar do clube e que o meu sonho ia acabar, porque eu só queria jogar no River. Se não fosse no River ia deixar o futebol", acrescentou.

"Passaram pela minha cabeça milhares de emoções, era muito jovem. Em pouco tempo o Real Madrid perguntou por mim. O meu pai entrou no quarto quando eu estava a dormir e eu disse-lhe ' não me lixes, não estou para estas piadas'. Mas era verdade e contratou-me com apenas 19 anos. O meu pai disse-me para ter respeito, admiração, mas nunca medo, se não ia ficar pelo caminho. Acredita em ti, com respeito e vai correr bem. E assim foi, durante sete anos, uma etapa maravilhosa. Depois fui para o Nápoles e o terceiro ano foi dos melhores da minha carreira. Na seleção joguei nove anos, só tenho palavras de agradecimento, obrigado. A Juventus apareceu e pagou a cláusula, foi incrível, fui o jogador argentino mais caro da história. Senti-me um privilegiado. Daí tive passagens breves por Milan e Chelsea, mas desfrutei ao máximo. Agora tenho de agradecer muito ao Inter Miami, encontrei um clube especial. Cumprimos o sonho da família e da minha mãe, que estava a passar uma situação delicada e antes de partir nos permitiu jogar juntos de novo [com o irmão Federico] como quando éramos crianças. Sentimos que foi o seu grande desejo cumprido. Obrigado Inter Miami, foi maravilhoso jogar com o Fede", finalizou o avançado.

Internacional argentino em 75 ocasiões, período no qual marcou 31 golos, Gonzalo Higuaín chegou ao futebol europeu em 2006/2007 pela porta do Real Madrid, que o contratou ao River Plate. Depois de seis anos em Espanha, o dianteiro mudou-se para Itália onde representou Napoli, Juventus e AC Milan, cumprindo ainda uma cedência de meia meia temporada no Chelsea, entre janeiro e junho de 2019.

Seguiu-se a aventura rumo ao futebol norte-americano. Esta temporada, Higuaín leva 14 golos em 26 jogos pelo Inter Miami, podendo ainda ter, pelo menos, mais dois jogos pela frente na fase regular da Major League Soccer. Tem contrato com o clube do Estados Unidos até 31 de dezembro deste ano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório