Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

"Estádio cheio? Gosto do fervor, do insulto que chega fácil... É futebol"

Sérgio Conceição promete um FC Porto capaz de responder à altura na visita ao Vizela.

"Estádio cheio? Gosto do fervor, do insulto que chega fácil... É futebol"
Notícias ao Minuto

11:43 - 13/08/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Desporto Sérgio Conceição

Sérgio Conceição garantiu, este sábado, em conferência de imprensa que o FC Porto estará preparado para dar continuidade ao bom momento de forma, mesmo no ambiente de maior "fervor" que a equipa vai encontrar na deslocação ao terreno do Vizela.

Em vésperas da partida da segunda jornada da I Liga, o treinador dos dragões recusou, ainda, revelar se elementos como Otávio (que regressa de castigo) ou David Carmo (que foi adquirido ao Sporting de Braga) podem vir a ser titulares, no Minho.

Antevisão

Após a entrada com o 'pé direito' na nova temporada, face aos triunfos sobre Tondela (para a Supertaça) e Marítimo (para a I Liga), o FC Porto vira, agora, todas as atenções para a deslocação ao terreno do Vizela.

Antes disso, este sábado, Sérgio Conceição irá deslocar-se à sala de imprensa do complexo do Olival, onde irá fazer a antevisão à partida da segunda jornada do campeonato nacional.

Fique com o Desporto ao Minuto e acompanhe, a partir das 12h00 (hora de Portugal Continental), a conferência de imprensa do treinador dos dragões.

Leia Também: Promessa do PSG apontada como opção para o meio-campo do FC Porto

FC Porto mais previsível sem Vitinha e Fábio Vieira

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Mau, mau e bastante doloroso é o nosso fisiologista, o Eduardo, perder o pai. Isso é que é perder. As memórias não se perdem, mas, em termos físicos, as pessoas partem, e isso não é nada bom para ninguém. Temos um carinho muito grande pelo Eduardo, e daqui vai um grande abraço para ele e para a sua família, que estão a passar por horas difíceis. Tenho de referir também o nome do Fernando Chalana, que foi um génio, um dos maiores nomes do futebol português, e não foi coisa pouca. Mando também um abraço a toda a gente, incluíndo os sócios, adeptos e simpatizantes do Benfica, assim como a toda a estrutura. Mando também um abraço às pessoas de Guimarães, por quem tenho um carinho muito grande, porque sofreram e viveram coisas, na última semana, que não são nada boas para o futebol. São delinquentes que usam o futebol para a violência gratuita. De uma maneira ou de outra, isso é que me deixa sentido. No futebol, ninguém gosta de perder os bons jogadores, mas é a realidade do futebol português e dos campeonatos menores em relação aos chamados 'big', que se dão ao luxo de contratar para encaixar na equipa.

Aumento do tempo útil de jogo na I Liga

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Tivemos uma reunião com os árbitros, e foi muito bom. Devia promover-se mais esse tipo de encontros, porque há comunicação, eles dão o ponto de vista deles, nós damos o nosso... Podíamos falar aqui de várias coisas. Acho que todos nós temos de contribuir. Aquilo que foi demonstrado ao nível de tempo perdido, por exemplo, pelo VAR é menos do que nas substituições. É menos do que na reposição de bola do guarda-redes, ou das novas lesões dos guarda-redes, porque o jogo tem de parar obrigatoriamente. Há várias situações em que todos devemos melhorar. Agora, acredito que há equipas teoricamente não tão fortes que vêm ao Dragão e que têm a sua estratégia. Também já estive do outro lado. Nunca queimei tempo dessa forma. Podem dizer que defendia com 11 jogadores atrás da linha da bola e no meu terço defensivo, mas é a estratégia definida por mim. Outros intervenientes, se calhar, não pensam dessa forma. Às vezes, até o próprio jogador provoca essa perda de tempo. Todos os intervenientes diretos no jogo, incluíndo o árbitro e os seus assistentes, podem e devem melhorar, porque somos os últimos no tempo de jogo útil de toda a Europa. Todos devemos melhorar. Falou-se também dos bancos, das confusões... Tudo isso é importante que se fale para, depois, dar o passo em frente.

Grujic no lugar de Vitinha

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

É uma discussão interessante, isso é que é falar de futebol. São jogadores completamente diferentes. Temos de ajustar o nosso modelo e aquilo que queremos para a nossa equipa dependendo dos jogadores que temos à disposição. É potenciando ao máximo cada um dos jogadores que formamos um onze forte. O Grujic não tem de ser o Vitinha. O Vitinha faz parte do passado. É um jogador com determinadas caraterísticas, que, na forma como jogámos, fez uma época extraordinária. Agora, não está o Vitinha, mas há outros médios que dão coisas diferentes ao jogo, também elas positivas para ganhar os jogos, e isso é que é importante. Grujic dá-me aquilo que quero pela forma como estamos a jogar. Hoje, por acaso, o Luís Freitas Lobo faz um comentário muito engraçado, onde levanta um pouco o véu sobre o que é ter Vitinha ou Grujic no meio-campo. Faz parte do nosso trabalho, para dar coisas diferentes. Temos de nos reinventar e criar situações diferentes para que os jogadores que estão disponíveis se sintam confortáveis numa determinada dinâmica.

Vizela com grande apoio dos adeptos

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Gosto de ir a jogos da distrital, pela paixão que as pessoas metem e pela rivalidade que existem nos meios mais pequenos, que não é o caso do Vizela. Jogar com adeptos mais apaixonados, como os do Vizela, do Vitória ou do FC Porto é sempre bom para o futebol. É o tal condimento que, nos tempos da pandemia, falámos que faltava. Obviamente que prefiro ter uma casa cheia só com adeptos do FC Porto, é evidente. Aproveito até para dar os parabéns por, em poucas horas, os bilhetes terem esgotado em Vizela. Gosto de sentir esse fervor das bancadas. O próprio insulto que me chega de forma fácil... Faz parte, é futebol.

Diferenças no Vizela em relação a 2021/22

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Conhecemos as caraterísticas do Vizela. Sabemos que é uma equipa que, quando não tem a bola, é agressiva. Há uma ocasião diante do Rio Ave em que o avançado se isolou graças a essa agressividade. Continuam num 4x3x3, muito similar ao que era no ano passado. Têm utilizado o Kiko Bondoso mais como avançado, depois de, no ano passado, ter jogado mais a ala. Analisámos tudo o que o Vizela fez na pré-época, pelo grande respeito que nos merece e partindo sempre dessa humildade e respeito pelo adversário, que é meio caminho andado para as coisas correrem bem. Ganhou num daqueles campos que é difícil jogar, em Vila do Conde. Máximo respeito e humildade para irmos a Vizela, e, dentro da nossa dinâmica e da nossa qualidade individual e coletiva, conquistarmos os três pontos, que é aquilo que queremos.

Aposta em Otávio e a adaptação de David Carmo

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Os jogadores são todos diferentes e vêm de realidades e contextos diferentes. Aquilo que me deixa satisfeito é o que me dão diariamente, naquilo que é a seriedade no trabalho, a dedicação que têm, o facto de trabalharem sempre no limite para que eu possa ter algumas dores de cabeça quando jogamos. O meu trabalho é escolher o melhor onze, os jogadores que penso que, amanhã, estarão, nos diferentes parâmetros e na estratégia para o jogo, melhor, percebendo que temos reforços no banco que podem ir ajudando, dependendo do que o jogo nos der. Estou aqui há cinco anos, e penso que o grupo é bom. Os jogadores que vão entrando, que não jogam tanto, que vão jogando em diferentes momentos da época, acabam sempre por entrar bem na equipa, porque a dedicação é grande, diariamente. Quando são chamados, dão sempre respostas positivas, seja o Otávio, que é um excelente jogador, como todos reconhecem, seja o David Carmo ou quem for. Importante é ter esse estado de espírito, aqui, diariamente. Há uns que precisam de um tempo maior de adaptação porque vêm de contextos diferentes, e outros que, vindo do nosso campeonato, têm mais facilidade em perceber o que é ser FC Porto. Nesse sentido, depois, cabe-me olhar para isso e escolher os jogadores que iniciam o jogo.

Vizela

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

É uma equipa que tem mais um ano de experiência e trabalho. O Álvaro Pacheco, com muitos daqueles jogadores, fez um trajeto fabuloso nestes últimos anos, e é uma equipa cada vez mais sólida. Vai ser um jogo difícil. Cabe-nos fazer o máximo e ter as despesas dos jogos para conquistar os três pontos, que são importantíssimos nesta maratona que é o campeonato.

Otávio de volta ao onze

Carlos Pereira Fernandes | há 1 mês

Há probabilidade de entrarmos em campo com onze jogadores, amanhã, contra o Vizela. Há uma altíssima probabilidade de isso acontecer. Só se a maior parte dos jogadores ficar doente e não tivermos onze para entrar... Faz parte do meu trabalho analisar quem está melhor para ir a jogo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório