Meteorologia

  • 13 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 28º

Conceição eleito treinador do ano: "Ganhar dá-me sempre prazer"

Treinador do FC Porto dedicou o prémio a todos os que trabalham com ele.

Conceição eleito treinador do ano: "Ganhar dá-me sempre prazer"
Notícias ao Minuto

23:43 - 05/07/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Sérgio Conceição

Sérgio Conceição, campeão pelo FC Porto, foi esta terça-feira eleito o melhor treinador da edição 2021/22 da I Liga, na cerimónia do sorteio das competições profissionais de 2022/23, no Porto.

Após receber a distinção, o técnico dos portistas, que falou na cerimónia por videoconferência, dedicou o prémio a todos os que trabalham com ele e falou sobre a justiça da conquista do campeonato na época passada.

"Primeiro, cumprimentar todos os presentes e aos que estão em casa a assistir. Depois, cumprimento os meus colegas que fizeram parte deste campeonato e que mensalmente também foram distinguidos. Estou eu, mas podiam estar 60 pessoas que trabalham diariamente no Olival e que permitiram conquistar este campeonato", começou por dizer Conceição.

Questionado sobre o momento em que percebeu que ia ser campeão, Sérgio Conceição apontou o jogo com o Benfica na Luz.

"Percebi que íamos conquistar o campeonato na última jornada, contra o Benfica (risos). Houve momentos na época bastante importantes, principalmente o jogo fora com o Estoril. O Sporting perdeu com o Santa Clara e nós jogamos no Estoril, onde estivemos a perder por 2-0 ao intervalo, mas marcámos três golos na segunda parte e ganhámos. Conheço a forma determinada e ambiciosa como os meus jogadores trabalham e isso jogo foi a confirmação disso, mas também perceber que iríamos ter muitos desafios pela frente", frisou o técnico dos portistas.

"Tínhamos o mês de janeiro e o mercado a aproximar, e não podemos esquecer que nessa altura saíram três jogadores importantíssimos, que foram "só" os últimos melhores jogadores da nossa Liga, concretamente o Corona, o Sérgio Oliveira e o Luis Díaz. No fundo, permitiu à equipa continuar a ganhar de uma forma consistente e convincente. É um trabalho principalmente dos jogadores e de todas as pessoas que trabalham com esta equipa técnica, composta por gente muito competente e que dá diariamente o seu melhor", acrescentou o técnico campeão nacional.

O técnico foi ainda convidado a a escolher o título que lhe deu mais prazer, mas acabou por deixar a garantia de que todos os títulos sabem ao mesmo.

"Ganhar dá-me sempre prazer e todos os títulos são diferentes. O primeiro foi muito importante por tudo aquilo que o FC Porto vivia naquele momento, não só a nível desportivo, mas também pelas dificuldades financeiras, que continua a ter. Infelizmente os clubes portugueses vivem numa situação que não permitem manter os jogadores mais importantes várias épocas seguidas. Em Portugal vamos tendo excelentes equipas técnicas e a nível de formação vamos tendo muitos jovens com talento. Depois falta-nos essa capacidade para segurar os nossos melhores jogadores para sermos mais competitivos na Europa", vincou Sérgio Conceição, deixando um conselho aos jovens.

"Cada um tem de seguir a sua paixão e a sua vocação, porque nem todos os ex-jogadores podem ser treinadores ou dirigentes. O trabalho e a paixão são a base de tudo neste mercado cada vez mais competitivo. Gostava de ter muitos ex-jogadores ao meu lado, mas se seis ex-jogadores tiverem competência são bem-vindos. Caso não tenham competência, têm de optar por outra vida", finalizou.

Leia Também: Sérgio Conceição e Darwin eleitos melhores treinador e jogador do ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório