Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 18º MÁX 31º

Dragão 'bebeu' Beirão e celebrou dobradinha no regresso ao Jamor

Azuis e brancos alcançaram a 18.ª Taça de Portugal do historial contra um Tondela que não apresentou argumentos para contrariar o poderio do adversário.

Dragão 'bebeu' Beirão e celebrou dobradinha no regresso ao Jamor

O FC Porto encerrou, este domingo, a época desportiva com a conquista da 18.ª Taça de Portugal, batendo o Tondela, por 3-1, conseguindo assim juntar o título de campeão nacional ao troféu da prova rainha do futebol português.

Taremi, que bisou no regresso da Taça de Portugal ao Estádio Nacional, no Jamor, e Vitinha fizeram os golos dos azuis e brancos, ao passo que Neto Borges fez o tento de honra dos beirões.

Filme do jogo:

Numa tarde de tempo um pouco nublado no jogo que encerrou a época desportiva em Portugal, Conceição fez apenas uma troca em relação ao jogo da última ronda contra o Estoril. O argentino Marchesín, que deve ter feito o último jogo pelos azuis e brancos, foi chamado para defender as redes dos azuis e brancos. Já Nuno Campos operou três alterações em relação ao empate diante do Boavista.

O encontro começou com maior tendência para os azuis e brancos, com os campeões nacionais a criarem o primeiro lance de grande perigo aos dez minutos. Pepe apanhou uma bola de ressaca à entrada da área e atirou muito perto da baliza à guarda de Niasse.

A equipa azul e branca tinha mais posse de bola, remetendo os beirões ao reduto defensivo, e foi com facilidade que chegaram ao primeiro golo do jogo aos 22 minutos. Marcelo Alves colocou o braço na bola, à passagem do minuto 16, e o árbitro Rui Costa teve de ir ao VAR analisar o lance.

Após rever o lance, o juiz portuense apontou para a marca de grande penalidade. Chamado a converter, Taremi não desperdiçou e deixou os portistas a vencer para gáudio dos muitos adeptos que se encontravam no Estádio Nacional. E o segundo podia ter surgido logo aos 30'. Zaidu fez um passe à procura de um companheiro de equipa, mas a defesa beirão cortou.

O Tondela deu o primeiro sinal de vida aos 34 minutos. Daniel dos Anjos conseguiu recuperar a bola junto à linha de fundo, após uma má saída de Marchesín, mas o cruzamento do brasileiro acabou nas pernas de Mbemba. Logo de seguida, Salvador Agra cruza para a entrada da área onde aparecia Rafael Barbosa pronto para rematar, mas Otávio consegue desarmar o jogador dos beirões antes que este rematasse à baliza.

A primeira parte terminou com o FC Porto a carregar e perto de marcar o segundo da tarde no Jamor. Primeiro foi Evanilson que rematou em arco ligeiramente ao lado do poste da baliza do Tondela, após passe de calcanhar de Pepê. Depois, Marcelo Alves cortou um cruzamento de trivela de Taremi que procurava o desvio certeiro do camisola 30 dos azuis e brancos.

Tondela relançou a partida e Taremi 'matou' o jogo

À semelhança da reta final da primeira parte, os campeões nacionais entraram a todo o gás para a etapa complementar. Aos 49 minutos, Niasse defendeu um remate de Pepê quando o brasileiro estava na cara do guardião. Ainda assim, o segundo acabaria por surgir aos 52 minutos, numa jogada iniciada e finalizada pelo internacional português Vitinha.

O médio portista serviu Pepê, este cruza atrasado para Vitinha que depois fez um trabalho extraordinário até marcar. O camisola 20 sentou um adversário antes de atirar a contar para o segundo golo dos portistas no encontro. O FC Porto carregava e o terceiro golo esteve à porta ao minuto 64. Após passe de Pepê, Taremi rematou demasiado colocado. O iraniano voltou a ter uma boa oportunidade para bisar, mas desperdiçou uma grande penalidade aos 66'.

Quem marcou no primeiro remate que fez à baliza foi o Tondela, um golo que, por momento, relançou a partida. Aos 73 minutos, Salvador Agra aparece a cruzar na direita para a zona do segundo poste, onde surgiu Neto Borges a desviar de cabeça para os festejos dos beirões. Porém, as celebrações duraram pouco já que praticamente na jogada seguinte o FC Porto marcou o terceiro. Otávio picou a bola por cima da defesa do Tondela, onde Taremi apareceu de primeira a atirar para o seu segundo golo da partida.

A partida foi perdendo gás até ao apito final, com os campeões nacionais a controlarem a partida a seu bel-prazer. O Tondela tentou, numa ou noutra ocasião, surpreender o adversário, e Neto Borges ainda atirou a bola ao poste, mas a defesa do FC Porto resolveu bem o lance. Já Marchesín pouco ou nenhum trabalho teve durante os 90 minutos.

O FC Porto encerra, assim, a época com a 18.ª Taça de Portugal do palmarés, isolando-se como o segundo clube com mais triunfos na segunda competição nacional mais importante. Já Sérgio Conceição fez também ele história e tornou-se o primeiro treinador do FC Porto a alcançar duas dobradinhas, depois de em 2019/20 ter cometido idêntica proeza.

Momento do jogo: O bis de Mehdi Taremi na partida. O Tondela relançou-se com o golo de Neto Borges, mas o segundo golo do iraniano na partida acabou com as esperanças da formação beirã.

Equipas iniciais 

Onze do FC Porto: Marchesín; Zaidu, Pepe, Mbemba, João Mário; Grujic, Vitinha, Otávio; Pepê, Taremi e Evanilson.

Suplentes: Diogo Costa, Fábio Cardoso, Uribe, Francisco Conceição, Galeno, Toni Martínez e Fábio Vieira.

Onze do Tondela: Niasse; Sagnan, Marcelo Alves e Eduardo Quaresma; Tiago Almeida, Pedro Augusto, Iker e Neto Borges; Salvador Agra, Daniel dos Anjos e Rafael Barbosa.

Suplentes: Trigueira, João Pedro, Boselli, Dadashov, Bebeto, Tiago Dantas e Ricardo Alves.

Antevisão

Chegou o dia em que todos os clubes participantes na final da Taça de Portugal desejam estar. O Estádio Nacional, no Jamor, recebe este domingo a final da prova rainha do futebol português, que regressa à Mata do Jamor depois de duas épocas em Coimbra.

FC Porto e Tondela medem forças no jogo que encerra a época desportiva em Portugal. De um lado está o campeão nacional que procura alcançar a tão famosa dobradinha e do outro um clube que procura esquecer a despromoção e conquistar a primeira Taça de Portugal do seu historial.

O dia é de festa no Estádio Nacional e na Mata do Jamor, que está recheada de milhares de adeptos dos dois clubes que festejam aquele que é um dos momentos mais mágicos do futebol português.

A partida entre o FC Porto e o Tondela tem apito inicial agendado para as 17h15. Rui Costa apitará o encontro e poderá acompanhar as principais incidências do mesmo na página do Desporto ao Minuto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório