Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 31º

Rafa ligou a mota, Ramos ajudou à festa e o Benfica venceu o Estoril

Águias estiveram perto de somar o segundo jogo consecutivo sem sofrer golos, mas concederam o tento do Estoril nos descontos.

Rafa ligou a mota, Ramos ajudou à festa e o Benfica venceu o Estoril
Notícias ao Minuto

19:59 - 20/03/22 por Miguel Simões

Desporto I Liga

O Benfica regressou aos triunfos no campeonato, este domingo, ao vencer na receção ao Estoril (2-1) e deu seguimento ao bom momento que tem vivido nos últimos jogos.

Numa primeira parte extremamente bem disputada, Rafa Silva abriu o ativo aos 34 minutos, num lance em que correu praticamente todo o campo com a bola, que só parou no fundo das redes. 

Já no segundo tempo, Gonçalo Ramos ampliou a vantagem aos 53 minutos e tranquilizou a equipa do Benfica, mas o Estoril ainda conseguiria marcar um golo em tempo de descontos, através de André Franco.

A mota de Rafa num timing precioso

Face às ausências de Taarabt e Darwin, Nélson Veríssimo não inventou e colocou em campo Meité e Yaremchuk, respetivamente, num jogo com um início a todo o gás de ambos os lados.

Dentro dos primeiros dez minutos, Gonçalo Ramos e Grimaldo foram os primeiros a assustar Daniel Figueira, mas os canarinhos sabiam como reagir, nomeadamente em transição, de tal forma que Mboula chegou mesmo a atirar ao poste na resposta.

Pouco depois, Carles Soria não quis ficar atrás, obrigou Vlachodimos a uma excelente defesa e acentuou o grau de animação na Luz, que teria ainda seguimento com as oportunidades de Gonçalo Ramos e Vertonghen na área contrária.

Num período já mais sereno da partida e em que as dificuldades do Benfica começavam a aumentar, Rafa inspirou-se aos 34 minutos, ligou a mota, correu quase todo o campo com a bola nos pés e, imagine-se, inaugurou o marcador, protagonizando um dos golos mais bonitos da sua carreira.

Dois toques de classe portugueses

Os canarinhos regressaram dos balneários com vontade dar a volta ao texto e, logo a abrir o segundo tempo, André Franco esteve perto de bater Vlachodimos, não fosse Vertonghen a aparecer em cima da linha para negar o empate.

Não marcou o Estoril, marcou o Benfica. À passagem do minuto 53, num lance de insistência, Gilberto descobriu Gonçalo Ramos dentro da grande área e o avançado português conseguiu finalmente fazer o gosto ao pé, ampliando a vantagem no encontro.

A partir daí, a equipa da Luz limitou-se a controlar a vantagem (Rafa ainda tentou o bis de fora da área), em função do desgaste acumulado com os jogos europeus, tentando manter o Estoril longe da sua baliza, que só assustou o guardião encarnado na reta final, num livre direto cobrado por André Franco.

No entanto, já em tempo de descontos, num lance bem desenhado pelos canarinhos, seria precisamente André Franco a aparecer na cara de Vlachodimos para reduzir a desvantagem no encontro, instantes antes do apito final.

Com este resultado, o Benfica mantém-se na terceira posição, agora com 61 pontos, a seis do rival Sporting, enquanto o Estoril é sétimo classificado, com 34, a dois do Vitória SC.

Momento do jogo: O golaço de Rafa Silva. Não só pela qualidade, mas pelo momento em que surgiu. O Benfica começava a apresentar algumas dificuldades, perante um Estoril ligeiramente mais confortável, até que o avançado português teve um grande momento de inspiração, ligou a mota, correu de uma ponta à outra e fez golo.

Onzes

Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Vertonghen, Otamendi, Grimaldo; Julian Weigl, Meite, Everton Cebolinha, Rafa; Yaremchuk e Gonçalo Ramos

Estoril: Daniel Figueira; Carles Soria, Raul Silva, Ferraresi, Joãozinho; João Gamboa, Francisco Geraldes, André Franco; Jordi Mboula, Arthur Gomes e Leonardo Ruiz

Antevisão

Cinco dias depois de carimbar o apuramento para os 'quartos' da Champions, o Benfica vai concentrar as atenções, este domingo, na receção ao Estoril, em jogo a contar para a 27.ª jornada da I Liga.

Sem perder há oito jogos, os encarnados têm atenuado o registo defensivo e conseguiram terminar dois dos últimos duelos sem sofrer qualquer golo, algo que certamente quererão continuar a estabilizar.

Do outro lado, estará um Estoril que regressou aos triunfos na passada jornada, diante do Portimonense (2-0), e mantém perspetivas europeias, com vista ao sexto lugar, posição que só no final da época se saberá se dá ou não passaporte para as provas europeias.

A jogar duas vezes consecutivas para o campeonato na Luz, o Benfica - sem os castigados Darwin e Taarabt - vai tentar corrigir o percalço contra o Vizela (1-1), consolidar a terceira posição e continuar a sonhar com o segundo lugar.

De recordar ainda que o Estoril já não sabe o que é pontuar na Luz (1-1) desde 2012/13, num jogo que teve clara influência no desfecho do campeonato, que seria vencido pelo FC Porto precisamente na reta final.

O encontro entre Benfica e Estoril está agendado para este domingo, pelas 18 horas, no Estádio da Luz, e será ajuizado pelo árbitro Nuno Almeida. Pode acompanhar as incidências da partida em direto no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Benfica-Estoril: Mudar o chip contra oponente a 'cheirar' a Europa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório