Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

"Temos de abordar cada jogo como se fosse o último"

Este será o terceiro jogo de Nélson Veríssimo no comando técnico da equipa principal do Benfica desde que Jesus saiu do bastião das águias.

"Temos de abordar cada jogo como se fosse o último"

Benfica e Moreirense defrontam-se, neste sábado, pelas 18 horas, num duelo relativo à 18.ª jornada da I Liga.

O técnico dos encarnados, Nélson Veríssimo, fez nesta sexta-feira a antevisão ao encontro diante dos conégos.

Confira abaixo as declarações na íntegra:

Antevisão ao encontro: Esperamos um Moreirense competitivo, à imagem do seu treinador. Uma equipa que chega a este encontro moralizada, pela vitória que alcançou na anterior jornada. Espero uma equipa a jogar num bloco baixo, à procura do nosso erro e que nos quer causar dificuldades. O foco está naquilo que teremos de fazer individualmente e colectivamente, e conseguir os três pontos nesta nossa caminhada. 

Que 'choque' é que o clube precisa de si? Relativamente à entrevista do presidente [Rui Costa] agradecer as palavras que ele teve para comigo. Obviamente que quando se muda de treinador procuram-se novas ideias e metodologias. Os jogadores têm tido uma entrega absoluta às novas ideias e a partir daqui vamos preparando os encontros com enorme entrega.

Palavras de confiança de Rui Costa dão-lhe confiança para continuar para lá desta época? Estamos completamente alinhados nos objetivos que ainda temos para esta época. O nosso lema a lema vai jogo a jogo e sobre o que vai suceder nesta temporada, depois logo se vê essa questão.

O que é que o Gonçalo Ramos acrescenta relativamente aos outros avançados? Ele vai manter a titularidade? Nós temos neste momento todo o plantel disponível. Reconheço que este plantel tem enorme qualidade e nós podemos facilmente escolher os melhores jogadores, de acordo com a estratégia a adoptar para o jogo seguinte e as características que cada atleta tem. 

Alterações no sistema tático: Não posso garantir que seja um Benfica fechado em 4-4-2, porque teremos sempre de avaliar a estratégia a adoptar para o jogo seguinte. Além disso, dentro de um 4-4-2 podemos criar dinâmicas diferentes dentro desse método de jogo.

Pontos mais caros na segunda volta do campeonato? Acima de tudo nós temos de centrar a nossa atenção naquilo que controlamos. Nós não temos margem de erro e temos de ir jogo a jogo. Importa ir ganhando os três pontos e encurtando distância para os nossos rivais. Temos de abordar cada jogo como se fosse o último.

Como é o plantel sentiu as palavras de Rui Costa relativamente ao título? É difícil, mas não impossível. Em épocas anteriores já estivemos em situações idênticas, umas vezes atrás e outras à frente. O nosso desafio agora é encurtar distâncias para o segundo lugar e depois para o primeiro.

Leia Também: Amorim apenas com dois ausentes para o duelo frente ao Vizela

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório