Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

"Benfica é superior ao Dínamo, mas nunca fiando. Também era no dérbi..."

Rui Águas reconhece exibição fraca contra o Sporting e espera uma equipa mais forte na Liga dos Campeões

"Benfica é superior ao Dínamo, mas nunca fiando. Também era no dérbi..."

O Benfica vive, nesta altura, um momento de instabilidade. Passada a crise vivida na gestão do clube, as águias passam agora por uma crise a nível desportivo. Depois da derrota na Luz, na última sexta-feira, frente ao eterno rival Sporting, por 1-3, a contestação dos adeptos encarnados fez-se ouvir com assobios e vaias nas bancadas. A insatisfação chegou a ser expressada através de uma imensidão de lenços brancos, que demostravam claramente a opinião da massa adeptos do Benfica. 

Em exclusivo ao Desporto ao Minuto, Rui Águas, que representou as águias em 1985-1988 e 1990-1994, reconheceu que a exibição da equipa frente ao Sporting não foi de qualidade e deu mérito aos leões pela vitória.

"Em relação ao dérbi, o Benfica esteve muito aquém do esperado, não esteve à altura do Sporting. Entrou com favoritismo, mas não esteve bem e, por isso, o Sporting acabou por ser o justo vencedor da partida", disse Rui Águas. 

A derrota frente ao Sporting poderá ter deixado Jorge Jesus fragilizado no comando do Benfica e Rui Águas acrescentou que, pela importância do jogo, o resultado negativo de 1-3 poderá ter peso diferente de outras derrotas.

"A derrota cria sempre problemas. Há derrotas que pesam mais que outros, pesam pelo adversário, pesam pela maneira como esse foi superior, o que não era previsível, de todo", admitiu o antigo avançado do Benfica.

Em véspera de decisão na Liga dos Campeões, na qual o Benfica vai procurar uma vaga nos 'oitavos' da prova, Rui Águas espera uma melhor prestação dos encarnados, que são superiores ao Dínamo Kiev, mas que não podem relaxar na partida.

"Vai ser um jogo que o Benfica terá de ganhar obrigatoriamente porque é melhor que o adversário, mas nunca fiando. Também o era contra o Sporting e foi o que foi. Mas agora tem esta marca que não deixa de ser um peso, de uma derrota pesada que poderá ou não afetar. Vamos ver a capacidade dos jogadores individualmente, e também do coletivo, de reagir a uma derrota destas", anteviu o ex-Benfica. 

Caso o clube da Luz não consiga seguir em frente na prova milionária, o lugar do treinador das águias poderá ficar ainda mais tremido. Rui Águas reconhece que a posição do técnico é sempre a mais instável nos clubes, mas tudo pode mudar depressa.

"Tudo é possível no futebol. As coisas mudam sempre, depende muito da situação vivida. A posição do treinador é sempre mais instável e muda em função dos resultados da equipa, mas também depende daquilo que se pode fazer no jogo seguinte", atirou.

Mesmo que a decisão da direção do Benfica não passe por despedir Jorge Jesus, o Flamengo poderá manter o português debaixo de olho com vista à nova temporada do Brasileirão. Rui Águias não sabe o que poderá passar pela cabeça de Jesus neste momento, que vive uma fase menos positiva na Luz e tem a possibilidade de regressar a um campeonato onde foi feliz em pouco tempo, mas acredita que poderá deixar o treinador das águias a pensar. "Isso é uma questão mais pessoal. É natural que, quando as pessoas são felizes num lugar, elas pensem em voltar", deixou no ar. 

Rui Águas não quis adiantar nomes, mas acredita que a sucessão ideal no comando do Benfica, caso Jesus abandone o cargo, poderá ser nacional. "Não o posso dizer. Digo apenas que há portugueses capazes de assumir o cargo".

Depois de uma época abaixo do esperado, com um investimento recorde no mercado de transferências, na casa dos 100 milhões de euros, o Benfica volta a entrar com o pé esquerdo na época. Em 13 jogos na I Liga, as águias levam 31 pontos, agora menos quatro que os rivais FC Porto e Sporting, contando também com duas derrotas na competição. Têm ainda a permanência na Taça da Liga e na Liga dos Campeões condicionada e terão pela frente um mês de dezembro apertado com decisões em várias provas. A primeira será já nesta quarta-feira na Luz, frente ao Dínamo Kiev, cuja partida o Benfica terá de vencer para não depender da exibição do Bayern Munique frente ao Barcelona. Em jogo está o acesso aos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Leia Também: Vice-presidente do Flamengo admite: "Jorge Jesus é uma opção"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório