Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Liga anuncia empresa para a centralização dos direitos televisivos

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, anunciou que hoje, com a constituição da respetiva empresa, "foi dado o primeiro grande passo para a centralização dos direitos audiovisuais" dos campeonatos profissionais.

Liga anuncia empresa para a centralização dos direitos televisivos
Notícias ao Minuto

15:47 - 14/10/21 por Lusa

Desporto Liga Portugal

Pedro Proença, que falava durante as cerimónias de assinatura de um memorando de entendimento com a SIGA (Sport Integrity Global Alliance) e de entrega do certificado ISO 37001 - Sistema de Gestão Anticorrupção, considerou que este "foi o passo maior que foi dado nos últimos 20 anos nesta indústria".

O presidente da LPFP considerou o momento "duplamente histórico" e de "enorme importância e amplitude" na defesa dos "valores inegociáveis", no que toca à integridade das competições, boa governança e à luta anticorrupção, que considerou fundamentais.

"A Liga Portugal é hoje a primeira entidade desportiva em Portugal a ser certificada com a norma [ISO 37001 - Sistema de Gestão Anticorrupção]", disse Pedro Proença, considerando que a entidade a que preside "trilha o caminho do rigor e da transparência", essenciais para os próximos passos que quer seguir.

Na mesma altura em que recebeu o certificado, Pedro Proença assinou com a SIGA, que tem como diretor executivo Emanuel Medeiros (antigo secretário-geral da LPFP), um memorando de entendimento no sentido de formar uma parceria para fomentar e implementar os valores de integridade, rigor financeiro e transparência defendidos pela organização.

"Queremos contribuir para a que a Liga Portugal, que é sexta no 'ranking' da UEFA, possa também estar no topo no que toca à boa governança e à integridade. Sem integridade não há futebol", disse Emanuel Medeiros, referindo que este era apenas o ponto de partida.

O responsável da SIGA, que não escondeu "alguma emoção" nesta "espécie de regresso a casa", dado a cerimónia ter decorrido na sede da LPFP, no Porto, frisou que o compromisso assumido entre as partes "é para ser concretizado".

"Este é um tempo de cumprir. Para com o interesse público, para com os adeptos e para com quem investe no futebol. É no cumprir destes valores que acreditamos. Estamos a trilhar o mesmo caminho com a UEFA", referiu Emanuel Medeiros.

Na cerimónia esteve ainda o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, que enalteceu o compromisso da LPFP em áreas fundamentais para o desporto, como a transparência, a integridade e a boa governança, "que são problemas que não são só de hoje".

"Sem transparência não há integridade, sem integridade não há verdade desportiva e sem verdade desportiva, particularmente no desporto de alta competição, não há interesse da parte dos adeptos e de quem segue intensamente este fenómeno", referiu João Paulo Rebelo.

O governante realçou a importância do memorando de entendimento e o reconhecimento da certificação, que considerou ser "inovador no nosso país para uma entidade desportiva" e que "consubstancia o compromisso da Liga Portugal para com os valores da ética, transparência e integridade".

Também hoje, a LPFP aprovou um voto de louvor a Sónia Carneiro, ex-diretora executiva coordenadora da Liga, que terminou este mês a ligação ao organismo, em "reconhecimento pelo inexcedível trabalho desenvolvido desde 2016 em prol do futebol profissional".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório