Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

"Não vou agradar a toda a gente, mas na minha honra ninguém irá tocar"

Rui Costa foi recebido com grande euforia na Casa do Benfica de Vila Nova de Gaia.

"Não vou agradar a toda a gente, mas na minha honra ninguém irá tocar"

Rui Costa continua em ações de campanha e, depois de visitar Paredes durante a hora de almoço, o atual presidente e candidato às eleições de 9 de outubro foi recebido em clima de grande festa na casa do Benfica em Vila Nova de Gaia.

O atual líder das águias falou aos associados, de forma emocionada e tocou em alguns pontos chave daquilo que quer para o futuro do clube da Luz.

Receção: "Não sei como vos agradecer esta receção. Uma coisa é amar o Benfica, outra é ser recebido desta forma. Nós somos Benfica, isso está no sangue, no ADN. Comigo é igual, não vai faltar esse compromisso para com a massa associativa".

Formação: "A aposta na formação, para mim, nunca vai deixar de existir, até porque o nosso passado recente nos tem permitido ver jogadores na primeira equipa do Benfica, pela Europa fora, do melhor que há no futebol mundial, que saíram na nossa formação. Então porquê desperdiçá-la? Vamos aproveitá-la da melhor maneira possível, alimentando o sonho dos nossos jovens, o potencial dos nossos jovens para que possamos tirar dividendos para a equipa principal, para que possamos dar a esta juventude um futuro que eles sonham e da responsabilidade que é jogar no Benfica. A aposta será séria, cada vez mais envolvente. Digo-lhes muitas vezes a eles que o espaço está aberto, mas têm de fazer por isso, não pode ser um dado adquirido.

Eleições: "Muito se tem falado da democracia e do estado do clube. Não têm sido tempos fáceis para nenhum de nós, assim como não foi fácil para mim estar a assumir este papel. Não me apoderei de nada, não tive outro caminho senão chegar-me à frente no momento mais difícil. E foi um momento muito difícil para mim também. A minha família só não sofre mais do que está a sofrer porque quando disse ao meu pai que se calhar teria de ser presidente do Benfica, a única resposta que ele que conseguiu dar foi "tens os meus 50 votos". Nunca irei abdicar dos meus princípios de vida, sempre com muito rigor e clareza naquilo que faço. Não sei funcionar de outra forma e é assim que quero o Benfica. Não vou agradar a toda a gente, não tenha essa presunção, nem sequer quando jogava, mas na minha honra ninguém irá tocar."

Infraestruturas: "Temos vaidade pelas nossas infraestruturas. Temos o maior e melhor estádio do país [alguém interrompe a falar do estádio do FC Porto e Rui Costa responde] e é nosso, temos o Benfica Campus, que também é nosso e não há igual, mas não podemos ficar por aqui. Se nós queremos ser ambiciosos, temos de dar as condições necessárias para que os nossos atletas possam evoluir. É dentro disso que na minha cabeça está a construção do centro de alto rendimento. Não farei infraestruturas desnecessárias. Quero uma casa do sócio, que será feita em breve, que lhes dê apoio e a capacidade de poder chegar ao estádio da Luz e ter com quem falar para resolver os seus problemas."

Aposta nas modalidades: "Cheguei ao Benfica com oito anos à procura de um sonho, um sonho que foi crescendo e se tornou realidade. Eu sei as dificuldades, as virtudes, os desafios de todos os atletas. Por isso, não vou estar longe de nenhuma equipa que envergue o emblema do Benfica: quer seja futebol, quer seja modalidades. Queremos vencer e ter um percurso à Benfica".

Leia Também: "Ao Benfica não pode chegar apenas Portugal"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório