Meteorologia

  • 23 ABRIL 2021
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

João Palhinha 'explode' em Alvalade e aguarda chamada de Fernando Santos

Médio do Sporting vai somando pontos e ganha cada vez mais força como hipótese para o triplo compromisso internacional da seleção portuguesa, em março.

João Palhinha 'explode' em Alvalade e aguarda chamada de Fernando Santos

João Palhinha continua a manter-se alheio à "novela" (palavra utilizada pelo próprio após o triunfo sobre o Portimonense) em torno do quinto cartão amarelo que viu diante do Boavista e cujo respetivo castigo foi suspenso pelo Tribunal Central Administrativo do Sul, e vai-se consolidando como peça cada vez mais fundamental nos planos de Rúben Amorim.

Ainda no passado sábado, o médio assinou mais uma exibição de 'gigante' no triunfo dos leões, por 2-0, sobre os algarvios, sobretudo no plano defensivo, conseguindo, quase que sozinho, controlar o meio-campo adversário.

Segundo os dados providenciados pela plataformas GoalPoint, o jogador de 25 anos somou seis ações defensivas no meio-campo contrário, cinco desarmes e outros tantos bloqueios de passes ou cruzamentos, denotando uma capacidade atlética notável, o que o tornou quase 'omnipresente' ao longo dos 90 minutos.

João Palhinha foi, ainda, particularmente útil no capítulo das transições, no qual o Sporting demonstrou algumas dificuldades, particularmente devido à pressão alta dos homens de Paulo Sérgio, registando duas variações de flanco eficazes e quatro dribles eficazes... em quatro tentativas.

Um momento de forma avassalador, que surge na antecâmara do anúncio da lista de convocados de Fernando Santos para o triplo compromisso internacional da seleção portuguesa no final do próximo mês de março, diante de Azerbaijão (dia 24), Sérvia (dia 27) e Luxemburgo (dia 30), para a qual o jogador verde e branco se apresenta como forte candidato.

Concorrência a 'perder gás'

O facto de os jogadores que mais costumam merecer a confiança de Fernando Santos para a posição mais recuada do meio-campo estarem a assinar uma temporada mais 'comedida' também dá alento a João Palhinha para aguardar a tão ambicionada chamada à equipa das quinas.

William Carvalho, o segundo jogador mais utilizado pelo selecionador nacional (foi lançado por 57 vezes, tantas quanto João Moutinho e apenas menos três do que o líder, Rui Patrício), continua no 'vai-não-vai' no Real Betis, e tem merecido cada vez menos preponderância no esquema de Manuel Pellegrini.

O antigo jogador do Sporting apenas foi aposta a titular por uma vez desde o início do ano civil de 2021. A última presença teve lugar na passada sexta-feira, quando entrou para o lugar de Andrés Guardado aos 79 minutos do triunfo sobre o Getafe, por 1-0, tendo acabado por receber... ordem de expulsão já no tempo de compensação.

Danilo Pereira, jogador emprestado pelo FC Porto ao Paris Saint-Germain, também continua a ser usado de forma intermitente por Mauricio Pochettino. Esta época, tem vindo a alternar entre o meio-campo defensivo e o centro da defesa, mas, tal como William Carvalho, a titularidade também tem sido um 'fenómeno' raro.

Resta, então, Rúben Neves, que tem sido muito mais utilizado quando em comparação com os dois compatriotas. Leva quatro golos e duas assistências nos 28 jogos em que participou na presente temporada, num Wolverhampton que não tem convencido em Inglaterra, e que ocupa o 11.º lugar da Premier League.

Leia Também: Palhinha: “Só quero que essa novela do amarelo acabe”

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório