Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

"Sou médico e posso afirmar que Nuno Mendes e Sporar não têm Covid"

Presidente do Sporting apontado o dedo à UNILABS e diz que vai apresentar queixa na Ordem dos Médicos.

"Sou médico e posso afirmar que Nuno Mendes e Sporar não têm Covid"

Frederico Varandas, presidente do Sporting, compareceu esta terça-feira na sala de imprensa do Estádio Municipal de Leiria, após a vitória diante do FC Porto (2-1), para esclarecer toda a polémica em torno dos testes "falsos positivos" de Nuno Mendes e Sporar. O líder dos leões começou por fazer a cronologia dos acontecimentos e acabou por apontar o dedo ao diretor clínico da UNILABS

Protocolo do Sporting: "O Sporting segue escrupulosamente o protocolo acordado com a Liga, que por sua vez foi delineado com a DGS. O Sporting vai mais além e faz testes diários para controlo interno. Pela primeira vez, desde agosto, os resultados internos não bateram certo com os resultados PCR, testes feitos obrigatórios pela Liga. Recebemos a notificação, respeitámos essa notificação, os jogadores ficaram privados de desempenhar a sua função. Nos dois dias seguintes, os mesmos jogadores repetiram mais dois testes PCR em laboratórios diferentes, mais dois testes internos e sempre negativos. Sou médico e posso afirmar que os jogadores não têm Covid. Entrámos em contacto com o laboratório UNILABS, com o seu diretor clínico que ficou preocupado com a situação. Foi enviada toda a documentação e o próprio diretor clínico respondeu-nos que se tratavam de falsos positivos e que estava disponível a enviar uma documentação a comprovar isso mesmo."

Cronologia: "Para quem não é médico, o falso positivo, ao contrário do falso negativo, tem uma percentagem inferior a 1%. Por isso, se fizermos as contas, numa amostra de 30 testes o Sporting teve dois falsos positivos, o que é muito azar. Mas nós entendemos que esse azar pode acontecer. E quando falámos com o diretor clínico do laboratório, entendemos que uma vez que há probabilidade de 1% de haver um falso positivo significa que em 100 testes há um falso positivo. Acontece. Apesar de termos sido privados de dois jogadores fundamentais contra o Rio Ave aceitámos. Tivemos azar. Remetemos toda documentação e autoridade regional de saúde afirmou que o caso estava resolvido e que os jogadores podiam treinar no dia seguinte. Infelizmente, com o número de testes a aumentar diariamente o numero de falsos positivos acontece. "

DGS: "Dentro de muitos azares, existem coisas estranhas também. A delegada da autoridade regional de saúde, na segunda-feira de manhã, quando vai para libertar os jogadores do SINAVE, deteta que o Nuno Mendes nem estava inscrito. Temos um laboratório que assume que hovue um falso positivo e nem sequer inscreveu o jogador no SINAVE. Não houve razão alguma para o Nuno Mendes não ter sido convocado contra o Rio Ave. Ao contrário do Sporar que tinha sido registado. Mais uma coisa esquisita que aconteceu ao Sporting. Nós temos provas de que o Nuno Mendes não estava inscrito. O teste foi na quarta-feira, o jogo na sexta-feira e o Nuno Mendes não estava inscrito na segunda-feira. A autoridade regional de saúde achou estranho mas liberta o Sporar. Temos a informação que os jogadores podem jogar e treinar se o treinador assim o entender. Acontece que hoje de manhã... O documento no qual o laboratório confirmava o falso positivo já não chegava para a DGS. A autoridade regional da saúde pediu ao laboratório para mudar a palavra de falso positivo para erro labatorial. Ainda não houve resposta, mas o jogo já foi. Mais uma vez, ficámos privados, mais uma vez, de dois jogadores. O Sporting, pela terceira vez, teve azar."

Queixa na ordem dos médicos: "No meio disto há só um pormenor que eu não tolero e não admito. Podem dizer que o Sporting joga mal ou que joga pouco, mas há uma coisa que não admito: porem em causa a honestidade do corpo clínico e dos médicos que trabalham no Sporting. Vamos fazer uma queixa na Ordem dos Médicos do diretor clínico da UNILABS que - infelizmente eu li - disse que não havia problema nenhum e que nem sequer tinha sido contactado. Pena que temos um email às 17 horas desse mesmo senhor. Eu volto a dizer, não negoceio valores. Por fim, que já é tarde, vou abandonar este patético mundo de Covid, porque dentro de poucas horas vou entrar num banco durante 24 horas para tratar doentes de Covid reais."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório