Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Jogadores da Bundesliga e cabeleireiros em 'guerra aberta'

Sindicato dos cabeleireiros insinuou que os jogadores têm quebrado o confinamento para cortar o cabelo, e estes não gostaram.

Jogadores da Bundesliga e cabeleireiros em 'guerra aberta'

Em plena pandemia do novo coronavírus, eis que se instalou uma das mais improváveis 'guerras' possíveis no mais alto nível do futebol alemão, que coloca, frente a frente, os jogadores... e os cabeleireiros.

Tudo começou quando o presidente do sindicato alemão dos cabeleireiros (ZVF), Harald Esser, escreveu uma carta aberta dirigida à federação alemã (DBF), no qual insinuava que os atletas teriam quebrado o confinamento para cortar o cabelo.

"Temos estado em confinamento há quatro semanas. Se eu tivesse rapado a cabeça a 15 de dezembro, o cabelo teria crescido, pelo menos, um centímetro desde então", atirou o responsável, citado pela rádio alemã DW.

"Não consigo acreditar que 50% dos jogadores tenham companheiros ou família que sejam cabeleireiros profissionais", acrescentou Harald Esser, que diz estranhar os penteados mais cuidados de alguns dos atletas.

Uma acusação que provocou uma resposta imediata do presidente do sindicato alemão dos jogadores (VDV), Ulf Baranowsky: "Só porque alguém aparece com o cabelo bem cortado não significa que seja resultado de um quebrar das regras".

"Há, várias vezes, membros da família, companheiros de equipa e outros colegas que têm talento para cortar cabelo", acrescentou, deixando claro que, até à data, não há relato de qualquer jogador que tenha quebrado a 'bolha' higiénica instalada pelos clubes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório