Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

"Mal soube do interesse do Milan, a minha cabeça esteve sempre cá"

Jogador português foi cedido pelo Manchester United ao clube italiano.

"Mal soube do interesse do Milan, a minha cabeça esteve sempre cá"
Notícias ao Minuto

13:47 - 20/10/20 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Diogo Dalot

Diogo Dalot, jovem jogador que esta temporada foi cedido pelo Manchester United ao AC Milan, comentou a sua ida para o emblema italiano.

Dizendo-se muito feliz pela escolha feita, o jogador relatou alguns aspetos da sua mudança de ares e os principais objetivos que tem para a cedência que agora cumpre na equipa rossonera

"Quando assinei pelo Milan, a fome de conseguir grandes feitos pelo clube deu-me motivação. O projeto apresentado foi fantástico. Claro que a minha cabeça está 100 por cento no Milan. Sei os termos em que vim para cá, mas a minha cabeça está 100 por cento no Milan, ajudar o clube a melhorar esta época e alcançar o que ambicionamos esta temporada", começou por referir.

2Mal soube do interesse do Milan, a minha cabeça esteve sempre cá. Assim que ficou fechado fiquei feliz. A minha família esteve sempre um pouco ansiosa, mas quando ficou feito foi um excelente momento para mim. A minha cabeça esteve sempre focada em vir para cá e fico feliz de se ter tornado possível", atirou o jovem lateral, falando da posição em que se sente mais confortável de seguida. 

"Durante a minha curta carreira até agora, já joguei em muitas posições. Lateral-direito, lateral-esquerdo, extremo-direito. Estava a encontrar o que era melhor para mim, mas a posição em que sou mais forte é como lateral-direito. Quero construir aí a minha carreira, mas estou aberto ao que o treinador me pedir. Quando há versatilidade na equipa ajuda. Estou sempre aberto a isso, mas quero afirmar-me como lateral-direito", lembrou, focando-se agora em melhorar alguns aspetos do seu jogo.

"Quando sabemos que não somos tão bons como queremos em alguma coisa temos de trabalhar. Não digo que tenho de trabalhar só defensivamente. Quero ser o mais completo possível. A mentalidade que tenho e que esta equipa tem é o que nos faz chegar mais longe. Chegando a uma equipa destas é muito mais fácil porque a mentalidade é a certa e todos estão na mesma bolha. Itália é um grande país e tem um grande campeonato para melhorar em alguns aspetos. Espero ser um jogador mais completo depois da minha passagem por aqui", terminou, citado pelo jornal Record.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório