Meteorologia

  • 10 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Federações pedem atenção à regra da idade no torneio olímpico de futebol

O torneio olímpico de futebol de Tóquio2020 deveria decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto e só faltava apurar dois países da zona da CONCACAF.

Federações pedem atenção à regra da idade no torneio olímpico de futebol
Notícias ao Minuto

11:16 - 26/03/20 por Lusa

Desporto Covid-19

As federações de futebol esperam que o Comité Olímpico Internacional (COI) e a FIFA tenham atenção à 'regra da idade', evitando prejudicar os futebolistas que eram elegíveis e com o adiamento dos Jogos Olímpicos deixam de o ser.

"Seria muito injusto vetar jogadores que passam a ter um ano mais e chegam aos 24 anos. Não sei que sensibilidade terá o Comité Olímpico Internacional, mas se um jogador tinha direito a participar será lógico que se crie uma exceção", considerou o presidente da Real Federação Espanhola, Luís Rubiales.

Uma situação que preocupa igualmente a Federação australiana, cuja seleção é uma das 14 já apuradas e que tem seis jogadores que participaram na qualificação e que no próximo ano já terão ultrapassado o limite de idade permitido.

O diretor do Comité Olímpico australiano, Matt Carroll, quer, juntamente com o diretor executivo da Federação, James Johnson, levar a questão à FIFA e à Federação Asiática de Futebol, com a proposta de um limite de idade aos 24 anos nos Jogos Olímpicos em 2021.

"Isto asseguraria que os jogadores que ajudaram os respetivos países a qualificarem-se, mas que no próximo ano seriam inelegíveis, devido à restrição na idade, tivessem a oportunidade de cumprir o sonho de representarem as suas seleções e serem atletas olímpicos", frisou James Johnson.

Na terça-feira, o Comité Organizador dos Jogos de Tóquio2020 e o Comité Olímpico Internacional anunciaram o adiamento do maior evento desportivo mundial, que deveria decorrer entre 24 de julho e 09 de agosto, devido à crise sanitária que se vive no mundo, com a pandemia Covid-19.

"Nas presentes circunstâncias e baseado nas informações dadas hoje pela Organização Mundial de Saúde, o presidente do COI [Thomas Bach] e o primeiro-ministro do Japão [Shinzo Abe] concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada em Tóquio devem ser remarcados para uma dar posterior a 2020 e nunca depois do verão de 2021", assinalaram os dois organismos.

O torneio olímpico de futebol de Tóquio2020 deveria decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto e só faltava apurar dois países da zona da CONCACAF.

O organizador Japão tem lugar garantido no torneio, para o qual estão apurados ainda França, Alemanha, Espanha, Roménia, Nova Zelândia, Costa do Marfim, Egito, África do Sul, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Austrália, Brasil e Argentina.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de 240.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 7.503 mortos em 74.386 casos registados até hoje.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, registaram-se 43 mortes e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde. Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório