Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
22º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

"Não fazia sentido continuarmos a jogar na Turquia", diz Hélder Barbosa

O avançado Hélder Barbosa, futebolista português que alinha na segunda divisão turca, considerou hoje que "não fazia sentido" os campeonatos naquele país continuarem, revelando que "nem toda gente tem a noção da gravidade" da pandemia de Covid-19.

"Não fazia sentido continuarmos a jogar na Turquia", diz Hélder Barbosa
Notícias ao Minuto

17:07 - 19/03/20 por Lusa

Desporto Covid-19

O avançado, de 32 anos, que joga no Hatayspor, líder do segundo escalão turco, estava na capital do país, onde hoje seria realizada, à porta fechada, a partida com o Istanbulspor AS, mas já teve indicação para regressar a Antakya, cidade do sul da Turquia.

"Já deviam ter tomado esta decisão logo no início da semana, quando começaram a ter mais casos na Turquia. Todos os campeonatos estavam suspensos na Europa e não fazia sentido aqui continuarmos a jogar. Chegámos hoje ao hotel em Istambul, almoçámos, mas já nos disseram que iríamos regressar", descreveu Hélder Barbosa à agência Lusa.

O avançado, que é um dos vários portugueses a alinhar nos campeonatos daquele país, partilhou que "os jogadores e algumas figuras do futebol turco fizeram força para essa decisão" e que isso "ajudou a mudar as opiniões", embora revelando que nem toda gente no país "tem noção da gravidade da situação".

"Como tenho a família em Portugal e acompanho as notícias do nosso país, tenho mais noção do que se passa, porque aqui a propagação do vírus está mais atrasada. Ainda não estão mentalizados e pensam que não vai evoluir como em outros países. Tenho colegas que ainda brincam com a situação", desabafou o avançado português, que cumpre a terceira época no futebol turco.

Hélder Barbosa partilhou que tem uma irmã enfermeira que lhe tem revelado "o cansaço e os problemas que a propagação do vírus causa aos profissionais de saúde e à sociedade", admitindo que, ele próprio, tem tido um papel pedagógico junto dos seus companheiros de equipa, "dando algumas indicações sobre o que fazer".

"Vamos esperar que o clube nos dê indicação do que fazer, mas conto que seja uma situação como em Portugal. Cada um vai para sua casa, ficar recolhido e fazer os seus treinos individuais, esperando que a situação não piore", afirmou.

Pelo que tem acompanhado pelos meios de comunicação lusos, o avançado acha que "as pessoas em Portugal já começaram a acordar para o problema", mas, desde a Turquia, reforça um apelo.

"Fiquem em casa. Os mais jovens talvez não sejam as pessoas de maior risco, mas temos de proteger os nossos pais e avós, que são mais vulneráveis. Não podemos ser egoístas, temos de cuidar de todos", advertiu.

O governo da Turquia anunciou hoje a suspensão de todas as competições desportivas no país, entre as quais a liga de futebol, devido à pandemia da Covid-19.

A data para que as competições sejam retomadas será conhecida "assim que a situação estiver controlada", anunciou o presidente da Federação Turca de Futebol, Nihat Özdemir.

O novo coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 220 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.900 morreram. Das pessoas infetadas, mais de 85.500 recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro de 2019, e espalhou-se por mais de 176 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, que se encontra em estado de emergência desde as 00:00 de hoje, a Direção-Geral da Saúde elevou o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira. O número de mortos no país subiu para três.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório