Meteorologia

  • 26 MAIO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 32º

Edição

'Terremoto' Rúben Amorim agita o futebol português

Em menos de dois meses de trabalho, o treinador venceu a Taça da Liga, recolocou o Sporting de Braga no pódio do campeonato e 'abateu' os três 'grandes'.

'Terremoto' Rúben Amorim agita o futebol português
Notícias ao Minuto

07:56 - 18/02/20 por Carlos Pereira Fernandes 

Desporto Sporting de Braga

Promovido da equipa B à principal no final de dezembro, face à demissão de Ricardo Sá Pinto, Rúben Amorim dissipou de imediato todas as dúvidas geradas em seu redor, e, com menos de dois meses de trabalho, já deixou uma marca bem vincada na Pedreira.

Feitas as contas, em nove encontros oficiais, o treinador de apenas 35 anos somou oito vitórias, a última das quais no passado sábado, em pleno estádio da Luz, por 1-0, diante do Benfica, campeão nacional em título e líder isolado da prova.

Uma vitória 'arrancada' pela cabeça de João Palhinha, que assume contornos de histórica, uma vez que foi preciso esperar 65 anos para que os arsenalistas triunfassem no terreno dos encarnados em partidas referentes à I Liga.

Mas o Benfica não foi o único 'grande' a cair aos pés do emblema minhoto no 'reinado' de Rúben Amorim. Neste curto espaço de tempo, também já FC Porto e Sporting (ambos por duas vezes) se podem queixar do mesmo.

Uma estreia auspiciosa

Rúben Amorim teve uma estreia para recordar no comando técnico do Sporting de Braga, ao derrotar o Belenenses SAD, no Jamor, por 7-1, na partida na qual se começaria a 'desenhar' o final da passagem de Pedro Ribeiro pelo emblema azul.

Seguiu-se uma vitória bem mais sofrida, em casa, diante do Tondela, por 1-2, que levantou a questão: teria sido tudo fogo de vista? A resposta foi um rotundo 'não', uma vez que, menos de uma semana depois, os arsenalistas foram ao Dragão vencer o FC Porto, por 2-1.

Nesse mesmo dia, o Benfica foi a Alvalade derrotar o Sporting, por 2-0, e 'cavar' uma vantagem de sete pontos sobre o segundo classificado do campeonato, o FC Porto. As contas da prova pareciam começar a ficar resolvidas... até que, mais tarde, Rúben Amorim as baralhou novamente.

O primeiro troféu... em casa

Com a moral em alta, o Sporting de Braga partiu para a final four da Taça da Liga com o objetivo de conquistar um troféu que se disputaria na Pedreira, e não se deixou intimidar pelos adversários de peso que teria pela frente para o conseguir.

Primeiro, bateu o Sporting, na meia-final, por 2-1, graças a um golo de Ricardo Horta e a um outro de Paulinho, quando o jogo parecia caminhar para o desempate por grandes penalidades. Depois, venceu o FC Porto (novamente), por 1-0, graças a mais um golo de Ricardo Horta... mais uma vez 'fora de horas'.

Um triunfo que permitiu, não só aos arsenalistas vencer o troféu que havia vencido pela última vez em 2012/13 - na altura sob o comando de José Peseiro - como também a Rúben Amorim levantar o primeiro título coletivo da ainda curta carreira de treinador.

Um tropeção que não atrapalhou

Com a Taça da Liga já bem instalada no museu, o Sporting de Braga regressou ao campeonato nacional, para somar mais duas vitórias: diante do Moreirense, em Moreira de Cónegos, por 2-1, e frente ao Sporting, no Estádio Municipal de Braga, por 1-0.

Foi então que surgiu o primeiro 'deslize' do 'reinado' de Rúben Amorim. Estávamos a 8 de fevereiro quando, em casa, os arsenalistas não foram além de um empate a duas bolas frente ao Gil Vicente, num encontro em que estiveram a vencer por 2-0 até aos 65 minutos.

No entanto, os minhotos não se deixaram afetar e, precisamente uma semana depois, visitaram a Luz, onde 'abateram' o 'grande' que lhes faltava: o Benfica, para relançar o campeonato nacional... menos de um mês depois de, aparentemente, o ter selado.

Mais do que isso, o Sporting de Braga regressou ao pódio, aproveitando o empate concedido pelo Sporting em Vila do Conde, frente ao Rio Ave, para ascender ao terceiro lugar. Esta quinta-feira, Rúben Amorim terá o seu primeiro duelo europeu, numa visita ao Rangers que se adivinha de alta dificuldade. No entanto, o treinador já mostrou que impossíveis... é coisa que não há em Braga.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório