Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Mau momento? A resposta emotiva de Bruno Lage

Jogo da 21.ª jornada está marcado para este sábado, no Estádio da Luz, às 18h00.

Mau momento? A resposta emotiva de Bruno Lage

O Benfica defronta este sábado no Estádio da Luz, a partir das 18h00, o Sp. Braga num jogo relativo à 21.ª jornada da I Liga.

Bruno Lage fez esta sexta-feira a antevisão do encontro e, entre expectativas sobre a partida com o Sp. Braga, o treinador do Benfica ofereceu um outro olhar sobre aquilo que pode ser um mau momento para a equipa da Luz.

Que Sp. Braga espera: Espero um Braga muito competente por aquilo que tem feito ao longo da época. No último mês foi a melhor equipa em Portugal. Foi fantástico. Espero um adversário que alterou o seu sistema e, pelas dinâmicas que tem tido, vamos encontrar um adversário muito competente. Só uma grande equipa pode vencer este Braga.

Estado de Gabriel: Não temos previsão de nada. É uma situação que aconteceu e neste momento a nossa preocupação é de olhar também para o lado humano. É um jogador fantástico que nos faz falta, mas todos eles fazem falta. É um jogador que nos dá garantias de qualidade, como todos os jogadores que jogam. Não tendo o Gabriel, vai entrar outro colega. Temos de arranjar soluções para a equipa continuar com uma dinâmica e qualidade de jogo.

Mau momento na época?: Há quatro ou cinco dias atrás, a perspetiva era outro. Cada momento é um momento. Não fizemos o jogo que pretendíamos no Dragão, três dias depois tivemos um jogo muito complicado em Famalicão, mas aquilo que me deixa satisfeito é o nosso percurso em termos nacionais. O mais importante, quer na vida, quer no futebol, é sentir que amanhã temos a possibilidade de jogar com a qualidade que nós temos de jogar diante dos nossos adeptos.

Benfica mais efetivo na pressão, sem Gabriel?: Sim, por isso é que tenho dito que o trabalho dos avançados é muito importante. Se nós em termos ofensivos temos trabalhado muito com o Ody para ele ser o primeiro a dar um ataque de qualidade, a nível defensivo exigimos muito dos nossos dois avançados para sermos competentes a defender. É no coletivo que temos de arranjar soluções.

André Almeida: Ainda não vamos contar com ele.

Fragilidades não resolvidas: Todos os jogadores e equipas têm pontos bons e menos bons. Diga-me um completo, bom em tudo. Não há. A dinâmica é sabermos esconder aquilo que de menos bom temos. É assim que as equipas funcionam e é assim em qualquer trabalho. Estar a olhar para a questão de uma forma individual não é justo. Nesta casa treina-se muito e trabalha-se muito. Claro que todos têm os seus limites e há também o valor do adversário. Temos que nos proteger e não olhar para a contratação de A, B ou C.

Alteração do modelo tático do Sp. Braga - três centrais: A construção a três permite à outra equipa ter máxima largura. Uma equipa que normalmente jogue com 4 defesas, vai ter sempre três jogadores entre defesas e mantendo um de cada lado à largura. Uma construção a três contra apenas uma pressão de apenas dois jogadores também nos obriga a pressionar de outra maneira. Isso obriga a que uma equipa seja muito competente a defender.

Rúben Amorim: Não quero entrar em comparações. O registo do Braga tem sido muito bom ao longo da época. Primeiro intercalaram as provas nacionais com as europeias e fizeram um percurso fantástico. Foi também com o Sá Pinto que chegaram à final four da Taça da Liga. Quem entra depois, olha para a equipa e tenta implementar as suas ideias, e isso são muito bem vincadas. Um conjunto de valores coletivos e individuais que permite ao Sp. Braga ter muita qualidade.

Momento de crispação: Sobre isso, o presidente já disse o que tinha a dizer. Eu gosto de falar é daquilo que é o jogo. E aproveito para falar sobre o jogo. Há pouco falamos das oportunidades. O que é um bom momento ou mau momento? Temos de ver as coisas como nós queremos ver. Há dois ou três dias recebi uma triste notícia de um pai de um amigo meu que tinha falecido. Encontrei muitos amigos de infância que já não via há algum tempo. E um dos meus amigos diz-me que o filho pequenino já tinha feito um transplante de fígado... E epa.. Nós vamos olhar para estas coisas como momentos maus? Temos é de olhar para estas coisas como oportunidades. Temos oportunidade amanhã de fazer um grande jogo diante dos nossos adeptos. No Dragão perdemos uma oportunidade de ficarmos a 10 pontos e os nossos adeptos a cantar 'Eu amo o Benfica'. É a oportunidade que nós temos amanhã. Se os jogadores colocarem tudo em campo, o profissionalismo, o brio, a qualidade técnica e tática, que os adeptos mostrem orgulho e nos apoiem. Continuem a cantar 'Eu amo o Benfica'.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório