Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

CR7 aos olhos de quem o segue: "É como ver um filme de Hollywood"

O Desporto ao Minuto esteve à conversa com Giacomo Iacobellis, jornalista do TuttoMercato, que revelou os fatores que estão nos 'bastidores' do melhor Ronaldo, desde que chegou a Itália.

CR7 aos olhos de quem o segue: "É como ver um filme de Hollywood"

Cristiano Ronaldo aterrou em Turim em julho de 2018, depois de o presidente da Vecchia Singora, Andrea Agnelli, tornar aquilo que em Itália definiam como um sonho numa realidade em tons de bianconero.

Depois de Sporting, Manchester United e Real Madrid, o internacional português aterrou na Juventus, onde, em época e meia,  já foi capaz de juntar uma Liga e uma Supertaça a uma série de outros tantos recordes.

Na sequência dos mais recentes números somados por Ronaldo, o Desporto ao Minuto esteve à conversa com Giacomo Iacobellis, jornalista do TuttoMercato, que revelou os fatores que estão nos 'bastidores' desta ascensão.

Da relação do madeirense com Agnelli ao poder de influência do luso no mercado de transferências, eis que não se escapou a um dos temas mais controversos e enigmáticos: CR7 cumpre ou não o contrato que mantém com a Juve até junho de 2022? Temas quentes fora das quatro linhas, mas também nos relvados, onde, nesta quarta-feira, o campeão italiano defronta a AS Roma de Paulo Fonseca, para os quartos de final da Taça de Itália. 

Antevisão ao duelo Juve-AS Roma: Paulo Fonseca está a agradar-me muitíssimo, aprendeu rapidamente a língua italiana e, apesar das numerosas lesões que teve até agora, a AS Roma, soube implementar as suas ideias de jogo, ganhar a confiança da equipa e conseguir resultados importantes. Encontrar-se com o melhor Ronaldo da temporada não será tarefa fácil para ele. É um jogo que vale por uma final e tudo pode acontecer. Não vejo favoritos para este encontro.

Onze golos nos últimos sete jogos. Que fatores contribuíram para o melhor Ronaldo desde a sua chegada à Juve? A mentalidade em primeiro. Cristiano Ronaldo é um profissional exemplar, conhece-se a si mesmo, conhece o corpo que tem, conhece as suas qualidades e está a atravessar o seu pico físico nesta época, sendo um jogador que continua a fazer a diferença num dos cinco campeonatos mais importantes da Europa. Falamos do único futebolista que conseguiu marcar mais de 15 golos nas últimas 14 temporadas. O único, e isso é um dado impressionante sobre as suas qualidades

Que tipo de Ronaldo vemos hoje em campo? Hoje vemos um Ronaldo com muita agressividade, que tem uma enorme habilidade tática também, porque Sarri mudou, por várias vezes, o esquema da equipa. Ronaldo já jogou como falso 9, já jogou como extremo esquerdo, já atuou num esquema de dois avançados, seja na companhia de Dybala ou de Higuaín, pelo que vemos Ronaldo que sabe a adaptar-se à equipa. E falamos de uma Juve que não depende só de Ronaldo, sendo o português a adaptar-se aos esquemas de Sarri, e não Sarri a montar uma tática em função de um jogador.

Quais são as maiores limitações de Ronaldo em campo? Custou a Ronaldo aprender o futebol italiano. Aqui, todos os 11 jogadores que estão no relvado têm tarefas ofensivas e defensivas. Ao início, notou-se claras dificuldades de Ronaldo em adaptar-se, mas agora observamos um jogador adaptado e integrado completamente. Hoje, com Sarri, CR7 tem de desempanhar mais tarefas defensivas e vemos um Cristiano, não só com a tarefa de marcar golos, mas a participar ativamente nas diversas fases de construção do futebol bianconero.

Como está a relação de CR7 com Sarri depois do que sucedeu no final do encontro frente ao AC Milan? A relação com Sarri já está resolvida, podemos garantir isso. O treinador da Juve, no final do encontro frente ao AC Milan, em conferência de imprensa, disse que estava contente pelo facto de Ronaldo se ter chateado, porque isso significa que o português está envolvido no planeta Juve, que quer ganhar sim ou sim, e Sarri é um treinador muito direto, muito claro, e que fez um caminho muito árduo para chegar à Série A. Ele falou certamente com Cristiano depois do que sucedeu e respeita o grande papel que CR7 tem no balneário. A verdade é que a fórmula encontrada por Sarri foi a melhor, tendo em conta os excelentes resultados que o português tem apresentado neste momento. Onze golos nos últimos sete jogos é a evidência de que o que ocorreu no final do jogo frente ao AC Milan são águas passadas.

Notícias ao Minuto[Ronaldo foi substituído aos 55 minutos do duelo frente ao Milan e a reação do luso não foi  a melhor]© Reuters

A relação dos adeptos com CR7… Os adeptos italianos e muitos outros das equipas rivais também vão ao estádio para ver Cristiano Ronaldo. A chegada do português à Série A encheu os estádios de Itália. O mundo Juve não vê a hora de gritar 'Siiiiiiii' com Cristiano. E, ao mesmo tempo, os adeptos rivais têm medo de Cristiano, mas estão contentes por ver um campeão como ele nos seus estádios. É como ir ver um filme de Hollywood quando joga Cristiano.

Temos o melhor Ronaldo na companhia de Dybala ou Higuaín: O melhor Cristiano Ronaldo vemos sempre, seja ele com Dybala, seja ele com Higuaín, ou na companhia de ambos. Claro que o que os adeptos mais desejam é um tridente HDR, como em Itália dizemos a um ataque com Higuaín, Dybala e Ronaldo. Um tridente que já comprovou nesta época que pode garantir, não só golos, mas também equilíbrio à equipa, que é o mais importante para Sarri.

A imprensa italiana acaba por ser um ‘inimigo’ a menos para Ronaldo, depois de momentos menos bons com os meios de comunicação espanhóis? [risos] A imprensa italiana não é de todo inimiga de Ronaldo, porque todos sabemos o que a contratação de Ronaldo contribuiu para o crescimento do futebol italiano. A chegada de Ronaldo foi uma grande notícia, não só em Turim, para os adeptos da Juve, como para todo um país. A Série A tornou-se mais atrativa, porque há o desejo de outros grandes futebolistas em virem para cá para medir forças frente a CR7 e depois para nós, jornalistas, contribuindo para um enorme incremento de notícias. Temos muito mais colaborações com meios de comunicação social, até no estrangeiro. Todos olham mais para a Série A, porque joga aqui Cristiano Ronaldo. E, obviamente, a chegada do avançado luso trouxe muito mais dinheiro a um país, seja em direitos televisivos, seja em marketing, seja em receitas de bilheteira. Hoje há muito mais jornalistas nos estádios italianos. A imprensa italiana pode até falar mal de Cristiano, o Cristiano homem, como foi por exemplo o caso entre Sarri e Ronaldo, mas de Ronaldo, o jogador, ninguém pode apontar críticas, apenas dizer obrigado.

Como é a relação de Ronaldo com Agnelli e a influência de Ronaldo nas contratações da Juve? Claro que ter Cristiano Ronaldo significa dar-lhe um papel muito importante no balneário e no tema transferências também. Os dirigentes já chegaram a falar com Cristiano sobre contratações. Isso aconteceu recentemente, quando a Juve quis contratar João Félix e Cristiano Ronaldo teve uma palavra a dizer sobre o tema, como sucedeu com a chegada de outros jogadores, em que o português deu o aval positivo à contratação desses mesmos futebolistas. Agora não nos iludamos, Ronaldo é apenas um jogador, as decisões são tomadas por Agnelli e por outros dirigentes. A Juventus tem provavelmente o melhor diretor desportivo da Europa, Paratici, tendo ele o poder de tomar uma decisão sem passar por mais ninguém. Agora, claro que um comentário de Ronaldo pode condicionar o rumo de uma transferência. O presidente da Juve tem uma excelente relação com Ronaldo e nunca nos esqueçamos que o principal responsável pela contratação do português foi Agnelli, que disse ‘sim’ ou ‘sim’ à chegada do luso. Algo que parecia um sonho para todos, mas tornou-se realidade graças a ele.

Ronaldo está satisfeito com o atual plantel da Juve? Absolutamente. Falta algo à Juve, nomeadamente na espinha dorsal da equipa. De momento, a Juve contratou apenas Kulusevski, e falamos de um reforço para a próxima temporada. Agora, claro que Ronaldo está satisfeito com a equipa, sem dúvida a melhor de Itália, porém para ganhar a Champions falta algo mais. No meio campo, sobretudo, falta apresentar outras soluções.

Ronaldo terá capacidade para superar as marcas goleadoras que atingiu no Real Madrid? Não é fácil Cristiano Ronaldo superar a marca de golos que atingiu no Real Madrid, uma vez que o futebol é muito mais defensivo. Mesmo que a Juve jogue frente ao último da classificação, a Juve não vai ganhar por sete ou oito a zero frente ao último.

O que pode condicionar a continuidade de Ronaldo em Turim? Ronaldo está de olhos postos no presente. A permanência dele em Turim muito dependerá dos resultados que a Juve consiga este ano. Se a Juve ganhar o Scudetto, o que parece o cenário mais provável, apesar da luta do Inter, e chegar à final da Champions, ou quiçá ganhá-la, faria sentido imaginar Ronaldo mais um ano ou dois de bianconero. Todavia, se a Vecchia Signora não chegar longe na Champions e não ganhar o Scudetto, Ronaldo pode ir procurar uma aventura lá fora e procurar novos objetivos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório