Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2020
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

"Benfica? É um jogo de 50-50 onde vamos querer muito ganhar"

Treinador dos verde e brancos fez esta quinta-feira a antevisão da partida que fecha para as duas equipas a primeira volta do campeonato nacional.

"Benfica? É um jogo de 50-50 onde vamos querer muito ganhar"

Jorge Silas, treinador do Sporting, fez esta quinta-feira a antevisão do jogo de amanhã, frente ao Benfica, partida que marca o fim da primeira volta do campeonato.

Prevendo uma partida muito disputada entre as duas equipas, o técnico assegurou que os seus jogadores vão entrar para vencer, independentemente da diferença pontual entre os dois conjuntos.

Com a saída de Bruno Fernandes iminente, Silas lembrou a importância do médio, mas afirmou ainda que o internacional luso, neste momento, pela sua dinâmica, é insubstituível. 

Confira o essencial da antevisão do treinador leonino.

Eduardo Quaresma: É um jogador muito bom, mas ainda é jovem. Tem muita coisa para aprender. Estamos com algumas lesões nos centrais. O Quaresma foi chamado porque ainda não tínhamos certeza sobre Neto. É um jogador de futuro, mas temos de ir com cuidado. Não temos de os expor as situações para que sentimos que ainda não estão preparados. Tem muita coisa de especial. É muito rápido, competitivo e sai com bola como há poucos em Portugal que o fazem. É muito concentrado e bom tecnicamente. Ainda não tem maturidade para se afirmar como titular no Sporting, mas queremos apostar nele no futuro. 

Benfica: Tem um plantel muito bom, fez o maior investimento de sempre no seu plantel, se quiser pode apresentar um onze completamente diferente e será muito competitivo. Já fizeram isso na Champions e eram uma equipa competitiva. Independemente do onze serão sempre fortes. Acho que só vão mudar dois ou três jogadores. Têm um plantel muito competitivo e um muito bom treinador. Têm muitas soluções.

Horário: Tem muito que ver com o calendário. Preferíamos que fosse no fim de semana, à tarde, mas a verdade é que vamos ter uma meia-final da Taça da Liga. O ideal era termos sempre uma semana para preparar os jogos. Esta semana foi o Benfica a jogar terça e sábado, na próxima seremos nós. Toca a todos. Preferia que fosse no fim de semana à tarde, para irem famílias, jovens e crianças. A uma hora destas é difícil ir a um jogo de futebol. A verdade é que para nós, Sporting, é melhor ser sexta-feira. 

Rúben Dias - CoatesÉ normal que o Coates vendo esse lance [do Ruben Dias] se possa ver prejudicado. É um lance para segundo amarelo. Eram árbitros diferentes e por isso não podemos comparar critérios. Preparei o jogo sem Coates, apesar do pedido para despenalização. Participou sempre no treino, mas depois nos pequenos detalhes tivemos de nos concentrar noutros jogadores. Na eventualidade de poder jogar, é um jogador que está identificado com o que temos trabalhado. A minha preocupação foi mais trabalhar com um possível substituto.

Distância para o primeiro - quem tem mais a perder?: Acho que ambas as equipas têm muito a perder. O Benfica se perder pode ter o FC Porto mais perto. O ideal é que perca o Benfica e têm de ser eles a pensar nisso. Os pontos? Independentemente desses pontos temos de saber o clube que representamos. Acho que vamos encurtar essa distância. Estamos a crescer como equipa, o Benfica está bem, e acho que não vamos perder muitos pontos até ao final, é essa a minha convição.

Pressão adicional: Acredito muito no que trabalho e nos meus jogadores. Acredito que estão sempre preparados, mas obviamente não quer dizer que vamos ganhar sempre. Estou sempre confiante e não é só da boca para fora. Sinto que podemos jogar o jogo amanhã, como achava com o FC Porto. 

Substituir Bruno: Nós temos bons jogadores, mas para encontrar substituto para o Bruno precisamos de três jogadores. Um que marque, um que organize e defenda como ele. Não há em Portugal. Neste momento não temos nenhum como o Bruno, mas temos de procurar alternativas, de dinâmicas e sistemas. Mas não sei se o vamos perder. 

Silas como jogador era frio - derrota deixa leões a 19 pontos da liderança: Este jogo claramente vale mais do que três pontos. É o jogo que mexe mais com o futebol português. Tem um lado emocional muito forte. Os jogadores que estão aqui já passaram por estes jogos. Eu sei, sou português, lisboeta, na bancada ou lá dentro. Para nós e para o Benfica o dérbi é muito mais que três pontos. Independemente dos pontos de cada um. Queremos reduzir a desvantagem para o Benfica. Para nós, profissionais do Sporting, não há ambição maior de usar este símbolo ao peito. Quem não tiver essa ambição, mesmo com esta diferença pontual, não pode representar o Sporting. Quem não tiver essa ambição não serve. A nossa ambição tem de vencer. Eu normalmente não transmito frieza, mas sim tranquilidade e confiança nos meus jogadores. Eles sabem que não é por um erro que perderão a confiança. Fui profissional durante anos e cometi centenas de erros e eles também os podem cometer.  

Pontos fortes do Benfica: A bola parada, com o FC Porto, Benfica ou Tondela, que perdemos na bola parada, é sempre importante nestes jogos. O FC Porto não estava a criar muitas ocasiões e acabou por fazer um golo de bola parada. O jogo com o Tondela, estava controlado, e sofremos um golo de bola parada. Esse é um dos aspetos em que nos focamos muito. Mas o Benfica é uma equipa muito boa em vários aspetos. Tem um contra-ataque muito forte, um ataque organizado, com tempo, muito bem elaborado. Estamos a falar do maior investimento do Benfica no seu plantel, do que eu tenho memória. É uma equipa com várias soluções. Nós também temos e vamos prová-lo amanhã.

Neto e Vietto: Neto pode ser opção, Vietto não. Não está recuperado e para este jogo não vai estar.

Bruno Fernandes: A única certeza que tenho é que o Bruno vai estar. Preparámos o jogo com o Bruno e ele treino muito bem, como sempre. É o melhor jogador da liga e o mais valioso, já o ano passado o era. Não vale este dinheiro, vale muito mais. Para além de atacar ainda se mata a defender. O Bruno é o melhor e o mais valioso. Quando temos um jogador desses é normal que toda a gente o queira. Só se houver uma catástrofe é que não vai estar. 

Dérbi: Eu penso que vai ser um jogo muito similar ao jogo que tivemos em casa. São duas equipas fortes e a querer ganhar. Tratar-se-á um pouco de eficácia, eficácia que não houve no jogo com o FC Porto. É um jogo de 50-50 onde vamos querer muito ganhar e atacar. É essa a nossa maneira jogar. O Benfica também virá à procura disso. Vai ser um jogo aberto, onde vão haver ocasiões de golo. Claro que o meu desejo é ganhar e não falhar tantos golos. Temos de fazer mais golos que o Benfica.

Antevisão: Jorge Silas, treinador do Sporting, faz esta quinta-feira a antevisão da partida de amanhã frente ao Benfica, jogo da 17.ª jornada da I Liga e que assinala para as duas equipas o fim da primeira volta do campeonato.

Com Bruno Fernandes a ser notícia diária nas capas de jornal, o técnico deve abordar a situação do internacional português, abordando, claro, a importância desta partida no que toca às aspirações dos leões, isto quando a equipa está a mais de uma dezena de pontos da liderança.

Siga em direto, em Desporto ao Minuto, todas as declarações do treinador do emblema de Alvalade.  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório