Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

FC Porto - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Renovação portista 'gelou' a Luz: As notas do Benfica-FC Porto

Dragões venceram na Luz e empataram contas no campeonato com o rival. Zé Luís foi a figura num jogo em que vários jogadores do Benfica estiveram abaixo do esperado.

Renovação portista 'gelou' a Luz: As notas do Benfica-FC Porto

O FC Porto venceu e convenceu na deslocação ao Estádio da Luz diante do Benfica (2-0), registada na tarde/noite de sábado em jogo da 3.ª jornada da I Liga. Os dragões dominaram grande parte das ações numa partida em que o Benfica apenas fez um remate enquadrado com a baliza à guarda de Marchesín

Zé Luís, aos 22 minutos, e Moussa Marega, aos 86', apontaram os golos do FC Porto, dando assim cor a uma exibição praticamente perfeita por parte do conjunto orientado por Sérgio Conceição. 

Após a partida, o técnico do FC Porto não escondeu a satisfação por ganhar na casa de um "rival histórico" e também não teve problemas em afirmar que foi dos melhores jogos protagonizados pelos seus jogadores. 

Por falar em jogadores, há vários destaques que merecem (e devem) ser feitos. 

A figura 

A figura da partida só poderia ser Zé Luís. O avançado contratado este verão aos russos do Spartak Moscovo voltou a fazer o gosto ao pé e elevou para cinco os tentos apontados em outros tantos jogos ao serviço do FC Porto. Aos 22 minutos bateu Odysseas e colocou os dragões na rota da vitória. Pelo meio, ganhou inúmeras bolas nas zonas mais adiantadas do terreno de jogo e impediu, por exemplo, Ferro de sair a jogar com a bola dominada. Zé Luís parece ter conquistado definitivamente os adeptos do FC Porto e, diga-se, Sérgio Conceição. 

A surpresa 

Luis Díaz voltou a ser titular e correspondeu da melhor forma. O extremo colombiano tem selo de qualidade e não tremeu na hora de fazer a estreia num Clássico. Luis Díaz foi uma dor de cabeça constante para a defensiva do Benfica e sempre que pegava no jogo tornava-o mais fácil para os dragões e um pesadelo para as águias. Por vezes ainda erra no momento de definir as jogadas, mas com 22 anos há todo um futuro e uma enorme margem de progressão pela frente. Tem tudo para ser craque e fazer esquecer Brahimi. Nota ainda para as exibições muito positivas de Matheus Uribe e Romário Baró

A desilusão 

Foram vários os jogadores cujo rendimento desiludiu na noite de ontem na Luz. A equipa do Benfica esteve particularmente desinspirada e o rosto de Raul de Tomas parece ser o mais evidente. O avançado espanhol, contratado ao Real Madrid este verão a troco de vários milhões de euros, continua sem marcar ao quarto jogo consecutivo na condição de titular e, diante do FC Porto, parece ter... desaparecido. 

Bruno Lage 

O treinador do Benfica averbou ontem a primeira derrota no campeonato desde que assumiu o comando técnico das águias a meio da temporada passada. Repetiu o onze dos últimos jogos e talvez isso tenha facilitado o trabalho de Sérgio Conceição na preparação para o jogo. Ainda assim, não deixou de arriscar na hora de ir atrás do prejuízo e não se pode acusar Bruno Lage de não querer inverter o rumo dos acontecimentos. 

Notícias ao MinutoBruno Lage e Sérgio Conceição cumprimentaram-se após o apito final. © Global Imagens

Sérgio Conceição 

Na antevisão da partida, Sérgio Conceição 'transpirava' confiança e agora que o jogo já foi disputado percebe-se o porquê. O treinador dos dragões levou a lição bem estudada para a Luz e os jogadores do FC Porto sabiam exatamente aquilo que tinham fazer para explorar as fragilidades adversárias. Não foi por acaso que, por exemplo, Baró e Marega se encostaram mais às alas para impedir Grimaldo e Nuno Tavares de participarem no momento ofensivo, isto para além do trabalho defensivo que tiveram a noite toda. 

Jorge Sousa 

Os Clássicos são sempre jogos de grande intensidade e de muita emoção à flor da pele por parte dos jogadores. Jorge Sousa conseguiu gerir a situação emocional da partida e quase sempre decidiu bem na hora de mostrar os cartões amarelos. Antes do intervalo, mostrou a cartolina amarela a Marchesín por estar a retardar um pontapé de baliza e na segunda parte resolveu um desaguisado entre Haris Seferovic e Alex Telles com um amarelo para cada lado. Nota positiva. 

Registe-se na Betano e aproveite o Bónus de 50% até 50€ no primeiro depósito! Jogue no Casino e ganhe Rodadas Grátis!

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório